Olhar Direto

Terça-feira, 01 de dezembro de 2020

Notícias / Política MT

‘Eles xingam, eu trabalho’, responde Fávaro a Euclides após ser chamado de bandido

da Redação - Isabela Mercuri

30 Out 2020 - 11:34

Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto

‘Eles xingam, eu trabalho’, responde Fávaro a Euclides após ser chamado de bandido
O senador interino Carlos Fávaro (PSD), candidato a reeleição, afirmou que não irá ‘baixar o nível da campanha’. Ele foi chamado, junto com o candidato Nilson Leitão (PSDB), de bandido. Em resposta, afirmou: “Repito: não vou baixar o nível da campanha. Eles xingam, eu trabalho”, disparou.

Leia também:
Euclides chama Fávaro e Leitão de ‘corja de bandidos’ e diz que não vai desistir: ‘aqui é aroeira, pica-pau’

“Quero deixar claro, definitivamente, que não vamos baixar o nível da campanha. Minha preocupação é Mato Grosso. Meus adversários me atacam porque estão irritados pelo fato de minha atuação parlamentar ter aumentado os recursos dos municípios de um total de R$ 70 milhões para R$ 967 milhões”, afirmou Fávaro.

“Da mesma forma foi com o Estado, que receberia R$ 913 milhões e recebeu R$ 1,346 bilhão em função de nossa emenda ao PLP 39/2020, que ficou conhecida como Emenda Fávaro. Era esperado que meus adversários reconhecessem que isso foi bom para Mato Grosso, mas eles estão irritados com os acertos do meu mandato. Em função do meu compromisso com o eleitor, repito: não vou baixar o nível da campanha. Eles xingam, eu trabalho”, completou o senador.

O advogado Euclides Ribeiro (Avante), também candidato ao Senado, publicou um vídeo em seu Instagram dizendo que Fávaro e Leitão “fazem parte dessa corja de bandidos que tomou Mato Grosso de assalto”. Segundo o Ribeiro, seus adversários inventaram que ele teria desistido da candidatura.

Procurado pela reportagem, Nilson Leitão não respondeu às acusações.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet