Olhar Direto

Domingo, 28 de fevereiro de 2021

Notícias / Política MT

Com ministro, Mauro inaugura ala do PCE e promete unidade de segurança máxima e mais 4 mil vagas até 2022

Da Redação - Isabela Mercuri

20 Nov 2020 - 14:31

Foto: Christiano Antonucci - SECOM/MT

Com ministro, Mauro inaugura ala do PCE e promete unidade de segurança máxima e mais 4 mil vagas até 2022
O governador Mauro Mendes (DEM) inaugurou, na manhã desta sexta-feira (20), o raio 6 da Penitenciária Central do Estado de Mato Grosso (PCE), ao lado do ministro de Justiça e Segurança Pública André Mendonça e demais autoridades do estado. Além desta unidade, Mauro prometeu entregar uma unidade de segurança máxima nos próximas 45 dias e totalizar mais quatro mil vagas para reeducandos até o final de 2022.

Leia também:
Mauro diz que Emanuel é ‘conhecido historicamente como um grande mentiroso'
 
“Nós tivemos a oportunidade de mostrar aquilo que é a realidade hoje do presídio do estado de Mato Grosso, e que é a realidade de mais de 90% dos presídios brasileiros. Superlotação, condições sub humanas, condições absolutamente inadequadas para que o estado possa dizer que está ressocializando um cidadão que está cumprindo uma pena sob a tutela do estado”, afirmou Mauro em seu discurso.
 
Segundo Mauro, a ala inaugurada nesta sexta-feira será um modelo para as próximas ampliações e substituições. “Hoje nós temos 6.500 com uma população carcerária, em todo o Estado, ultrapassando a casa dos 12 mil. Aqui nessa unidade nós temos 800 vagas e 2.300 presos. Essa realidade, meus amigos, existe desde que inaugurou. Inaugurou, superlotou, e ao longo de quase 30 anos ela sempre foi uma unidade superlotada”, lamentou.
 
“Nós vamos construir nos próximos 45 dias uma unidade de Segurança Máxima, que hoje só o Governo Federal tem, nós teremos a nossa unidade de segurança máxima, serão celas individuais, com banho de sol individual, para que nós possamos colocar ali líderes faccionados, criminosos de alta periculosidade. E vamos também nos próximos meses fazer a ampliação de outros raios, demolindo os existentes, que são de capacidade de 96, e construindo raios com capacidade de 432”, completou.
 
O ministro André Mendonça parabenizou o governador Mauro Mendes, e afirmou que o Ministério tem o compromisso de atuar junto aos estados para diminuir a criminalidade. “O que nós assistimos é uma  mudança de paradigma no sistema prisional, um dos grandes causadores dos altos índices de criminalidade violenta no país se deve à ausência de controle do sistema prisional, e essa sistemática permite uma mudança drástica, profunda, num curto espaço de tempo e com baixos custos para o erário”, afirmou.
 
“O que eu testemunhei hoje é que se construiu uma modelagem em pouco tempo, num custo bastante razoável, muito próxima a modelos de segurança máxima do próprio Sistema Penitenciário Nacional. Ou seja, um avanço além do que se imaginava diante do custo e da perspectiva de espaço que nós temos. É um modelo que tende a contribuir para uma mudança sistêmica em todo o território nacional. Nós vamos ouvir agora nossos técnicos, vamos conversar com a área técnica do estado, para modelar essa sistemática também em outros estados. Essa mudança tende a trazer um fruto num curto prazo também nos indicadores de homicídios, de roubos, de latrocínios e outros tipos de crimes violentos, relacionados à criminalidade organizada e daí a importância do trabalho que vem sendo feito”, completou Mendonça.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet