Olhar Direto

Notícias / Política MT

Vereadora eleita e deputada do PT pedem voto ‘contra Abílio’ no segundo turno

Da Redação - Isabela Mercuri

23 Nov 2020 - 10:37

Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto

Vereadora eleita e deputada do PT pedem voto ‘contra Abílio’ no segundo turno
A vereadora eleita de Cuiabá Edna Sampaio e a deputada federal Rosa Neide, ambas do Partido dos Trabalhadores (PT), se manifestaram nas redes sociais pedindo votos ‘contra Abílio’ neste segundo turno das eleições municipais da capital. A vereadora afirmou que “corrupção é crime contra o patrimônio público” e “fascismo é crime contra a democracia e a humanidade”. Já Rosa Neide afirmou: “quero escolher quem não afronta funcionário público, quem não afronta a cultura, quem  não afronta o povo cuiabano”.

Leia também:
‘Sempre adentrei espaços proibidos para mim’, diz primeira vereadora negra de Cuiabá

Na última semana, o PT emitiu um documento pedindo o voto contra o Abílio Junior (PODE), mas fazendo também diversas críticas ao atual prefeito e candidato à reeleição Emanuel Pinheiro (MDB). A publicação de Edna foi feita no Facebook: “O segundo turno de Cuiabá não é a disputa entre um corrupto e outro honesto. Um deles é tão corrupto e desonesto quanto Bolsonaro. Você já viu no que deu votar na extrema direita. Pare, seja responsável, Cuiabá não merece o retrocesso. Corrupção é crime contra o patrimônio público. Fascismo é crime contra a Democracia e a humanidade. Preserve o seu direito à vida e de lutar contra a corrupção. Não eleja quem não respeita as mulheres. Meu voto não é a favor da corrupção, é contra o fascista”, escreveu.

Já Rosa Neide fez um vídeo, endereçado principalmente às mulheres, dizendo: “Venho à presença, principalmente, de todas as mulheres de Cuiabá, lembrar que no próximo 29 iremos às urnas votar no segundo turno. A mulher, na maioria das vezes, é a pessoa que faz o equilíbrio na família. Que faz as maiores reflexões. Por isso é que eu peço a todas as mulheres, vamos pensar carinhosamente e fazer uma escolha certa para votarmos nesse segundo turno”, afirmou.

“Temos dois candidatos. Um deles já disse que “apesar de ser mulher” a pessoa é uma candidata. Não é apesar de ser mulher. Por sermos mulheres, temos opção, temos possibilidades, temos capacidades.  Portanto, dia 29 vamos escolher o que é melhor para Cuiabá, qual a melhor proposta, qual o melhor projeto. Eu sou 13, Partido dos Trabalhadores. No primeiro turno, votei 13. Não disputo no segundo turno, mas quero escolher quem não afronta funcionário público, quem não afronta a cultura, quem  não afronta o povo cuiabano. Portando, no próximo 29 voto 15, e peço a todas as mulheres, vamos refletir. A Prefeitura de Cuiabá não pode ter à sua frente alguém que rejeita a população mais carente, alguém que rejeita os melhores conceitos para se viver em paz”, completou a deputada federal.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet