Olhar Direto

Terça-feira, 19 de janeiro de 2021

Notícias / Picante

Após críticas

Mauro Mendes diz que só tinha data da Consciência Negra para inaugurar ala do presídio

Da Redação

24 Nov 2020 - 10:35

Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto

Após críticas
Após receber críticas da ‘Frente Favela’ e do Partido dos Trabalhadores, o govenador Mauro Mendes (DEM) afirmou que lamenta, mas só tinha o dia 20 de novembro, Dia da Consciência Negra, para lançar a ala 6 da Penitenciária Central do Estado de Mato Grosso. As críticas indicavam que a escolha foi infeliz, já que a maior parte da população carcerária é de pessoas negras, e ocorre no Brasil um encarceramento em massa dos negros. A escolha, segundo entidades, mostraria o ‘racismo estrutural’, ainda mais porque o governo de Mato Grosso não fez nenhum ato ou evento em alusão à Consciência Negra. “Era a única data que o ministro tinha, era importante trazer o ministro aqui, que veio, conheceu, saiu daqui encantado com o que viu, elogiou muito o Ministro da Justiça, nós trouxemos representantes de outros estados que vieram também e era a única data que pode compatibilizar a agenda. Eu acho que o respeito é no dia a dia, eu tenho que respeitar a opinião deles, mas nosso respeito a todos, às adversidades, aos negros, às pessoas que possam precisar mais do Estado tem se demonstrado em ações concretas, e aquela era a única data que tínhamos disponíveis, por isso que nós fizemos”, afirmou Mauro.

Mais Picantes

Sitevip Internet