Olhar Direto

Quinta-feira, 04 de março de 2021

Notícias / Política MT

Lúdio diz que PT fará ‘voto crítico’ em função da conjuntura nacional: “não é apoio a nenhuma candidatura”

Da Redação - Isabela Mercuri / Do local - Max Aguiar

28 Nov 2020 - 11:35

Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto

Lúdio diz que PT fará ‘voto crítico’ em função da conjuntura nacional: “não é apoio a nenhuma candidatura”
O deputado estadual Lúdio Cabral (PT) afirmou que o Partido dos Trabalhadores, apesar de ter indicado voto “contra” Abílio no segundo turno das eleições municipais, fará um voto crítico e sem apoio a nenhuma das candidaturas. Recentemente, a presidente nacional do PT, Gleisi Hoffman, fez um vídeo pedindo votos para o atual prefeito e candidato à reeleição Emanuel Pinheiro (MDB).

Leia também:
Vereadora eleita e deputada do PT pedem voto ‘contra Abílio’ no segundo turno

“O PT tem uma hierarquia de respeito às instâncias partidárias, e a instância que trata da eleição municipal é o diretório municipal, e o diretório municipal aprovou uma resolução exatamente em consonância com a fala da Gleisi. A fala da Gleisi é o conteúdo que a resolução que o PT municipal tomou”, afirmou Lúdio.

O parlamentar disse, ainda, que seu lado e o do PT é o da população. “Temos que respeitar a decisão soberana dela [da população], que inclusive não nos colocou no segundo turno, e que nós dá a tarefa de ser oposição ao próximo prefeito independente de quem seja o prefeito eleito. Embora na hora de ponderar, a tomada de decisão individual, todas as qualidades e defeitos dos candidatos terá que ser analisada nessa decisão”, completou.

“O PT tomou uma posição política de fazer um voto crítico em função da conjuntura nacional, em função da crise sanitária que a gente está vivendo, em função do desmonte dos serviços públicos que estão acontecendo no plano nacional, no plano estadual, do desrespeito aos servidores públicos, do menosprezo às mulheres, do desrespeito à imprensa, ou seja, uma posição política, analisando a conjuntura, e de voto crítico, não é uma decisão de apoio a nenhuma candidatura”, finalizou o deputado.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet