Olhar Direto

Terça-feira, 26 de janeiro de 2021

Notícias / Política MT

Nova Câmara racha entre apoios a Abílio e Emanuel; veja em quem cada um deve votar

Da Redação - Carlos Gustavo Dorileo

29 Nov 2020 - 06:00

Foto: Rogério Florentino Pereira/ Olhar Direto

Nova Câmara racha entre apoios a Abílio e Emanuel; veja em quem cada um deve votar
Com uma renovação de 14 novos vereadores, a 20ª legislatura da Câmara Municipal de Cuiabá, definida na eleição realizada no último dia 15 de novembro, chega dividida na disputa pelo segundo turno da Prefeitura de Cuiabá, com 13 dos eleitos apoiando a candidatura de Abílio Júnior (Podemos) e outros 12 defendendo a manutenção do mandato de Emanuel Pinheiro (MDB).
 
Leia também
Cada vereador de Cuiabá custa mais de R$ 75 mil ao mês para o contribuinte

 
Vereador que conseguiu destaque sendo oposição ao prefeito Emanuel Pinheiro, Abílio Júnior está recebendo apoio da maioria dos 25 vereadores eleitos, o que indica possibilidade de uma boa governabilidade, pelo menos no princípio de sua gestão, no caso de ser eleito neste domingo (29).
 
Estão o apoiando no segundo turno os vereadores Diego Guimarães (Cidadania), Dilemário Alencar (Podemos), Michelly Alencar (DEM), Sargento Joelson (SD), Tenente-coronel Pacolla (Cidadania), Rodrigo Arruda e Sá (Cidadania), Wilson Kero Kero (Podemos), Lilo Pinheiro (PDT), Cezinha Nascimento (PSL), Kassio Coelho (Patriota) e Sargento Vidal (Pros), Dr. Luiz Fernando (Republicanos) e Pastor Jeferson (PSD).
 
Já o prefeito, que nesta atual legislatura tem uma ampla base de sustentação da Câmara, perdeu espaço com a renovação e não deverá ter a mesma facilidade que teve nos últimos quatro anos.
 
Seguem apoiando ele os aliados reeleitos Marcrean Santos (Progressistas), Adevair Cabral (PTB), Renivaldo Nascimento (PSDB), Mário Nadaf (PV), Juca do Guaraná Filho (MDB), Chico 2000 (PL), e os novatos Demilson Nogueira (Progressistas), Eduardo Magalhães (Republicanos), Marcus Brito Jr (PV), Paulo Henrique (PV) e Didimo Vovô (PSB). Há ainda um caso excepcional, o da vereadora eleita Edna Sampaio (PT), que prometeu ser oposição a qualquer um que saia eleito neste domingo, mas declarou voto em Emanuel por ser contra a eleição de Abílio.
 
O atual presidente da Câmara Municipal, vereador Misael Galvão (PTB), um dos principais aliados do prefeito Emanuel Pinheiro no legislativo, já agendou para próxima terça-feira (1), pós-eleição, uma reunião com todos os novos vereadores eleitos e reeleitos para tratarem da transição.
 
Em comunicado divulgado pela assessoria do vereador, Misael afirmou ter a preocupação com os eleitos novatos, principalmente com os ‘marinheiros de primeiro mandato’.
 
"Será uma nova legislatura com vários vereadores de primeiro mandato. Então, essa interação é muito importante, pois dará celeridade na adaptação dos novos vereadores e garante a continuidade dos trabalhos, pois irão se inteirar sobre todos os procedimentos do Legislativo e conhecer toda a estrutura da Casa", explicou.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet