Olhar Direto

Quarta-feira, 20 de janeiro de 2021

Notícias / Política MT

Edna ‘manda recado’ a Mauro Mendes; Michelly deseja ‘sabedoria’ vinda de Deus a Emanuel

Da Redação - Isabela Mercuri

30 Nov 2020 - 17:22

Foto: Reprodução

Edna ‘manda recado’ a Mauro Mendes; Michelly deseja ‘sabedoria’ vinda de Deus a Emanuel
As duas vereadoras eleitas por Cuiabá , Edna Sampaio (PT) e Michelly Alencar (DEM), manifestaram suas opiniões acerca do resultado do segundo turno do pleito municipal em suas contas no Instagram. Enquanto Edna comemorou a “derrota do fascismo” e mandou recado ao governador Mauro Mendes (DEM), Michelly reconheceu o resultado das urnas e desejou que “Deus abençoe Emanuel com sabedoria para administrar”.

Leia também:
Emanuel recebe ligação de secretário da Casa Civil, confirma reunião com governador e vai em busca de parcerias

Edna Sampaio declarou, durante a campanha do segundo turno, um “apoio crítico” ao prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), então candidato à reeleição. Após o resultado das urnas, publicou uma charge de Abílio Junior (PODE) sendo “expulso” ao lado de figuras que se aparentam a Gisela Simona (PROS) e Roberto França (PATRI), candidatos derrotados no primeiro turno e que declararam apoio a Abílio no segundo.

A vereadora petista escreveu que compartilhava a alegria de “derrotar o fascismo, a arrogância, a violência, a misoginia e o despreparo”. E continuou: “Cuiabá teve a sabedoria de se livrar do bolsonarismo, cruel e inconsequente. E com isso, o recado das urnas precisa ser ouvido: chega de ódio e de intolerância, da incompetência insensível que produz a morte. A direita venceu a extrema direita fascista. Isso me alegra sim. Não foi irrelevante o que as urnas nos disseram. E, não me arrependo de ter tomado posição. Cuiabá merece respeito. Não à Bolsonaro e sua cria cuiabana. Merecemos paz, merecemos o bem e a Democracia”, disparou.

Sampaio ainda escreveu que lamenta ter que incluir Gisela, uma “mulher, negra, uma esperança alimentada por tanta gente” nesta comemoração da derrota. “Torço para que uma nova chance seja dada à reconciliação entre a Gisela e seus eleitores. Sigamos, cumprindo nosso papel: de luta em defesa da Democracia e dos direitos da classe trabalhadora, independente do governo. Nós, servidores públicos, temos uma tarefa pela frente e, 2022 que nos aguarde!”, finalizou.

Do outro lado da disputa, Michelly Alencar demorou mais para se posicionar. Ela afirmou que o resultado das urnas não foi o que gostaria, mas que isso fazia parte do processo democrático. “Estou com o coração em paz, na certeza de que “Combati o bom combate e guardei a fé”. Mantive minhas convicções e ideais durante o processo eleitoral, sem negociar princípios e valores, isso pra mim é vitória!”, afirmou.

Michelly disse que segue na luta que está “apenas começando”. Mandou recado também ao prefeito reeleito: “Ao prefeito eleito Emanuel Pinheiro, desejo que Deus o abençoe com sabedoria para administrar nossa capital, e que possa fazer jus aos votos de confiança que foram dados a ele, trabalhando com afinco pelo bem do nosso povo”.

A vereadora democrata agradeceu, ainda, aos que estiveram ao lado da candidatura de Abílio e o candidato a vice-prefeito Wellaton (Cidadania), e chamou os dois de guerreiros. Os apoiadores, vereador Marcelo Bussiki (DEM) e à candidata derrotada Gisela Simona (PROS), ela classificou como “inspirações, leais e visionários”. “Contem comigo sempre. Honrar a Deus e abençoar as pessoas, construindo o “Governo do Justo”. Assim nós seguimos. Bora meu povo, grandes coisas estão por vir!”, finalizou.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet