Olhar Direto

Quinta-feira, 18 de agosto de 2022

Notícias | Política MT

NÃO CONSULTOU AS BASES

Emanuel diz que Bezerra foi precipitado e desrespeitou os Campos ao convidar Mendes ao MDB

Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto

Emanuel diz que Bezerra foi precipitado e desrespeitou os Campos ao convidar Mendes ao MDB
O prefeito reeleito por Cuiabá e membro nacional do MDB, Emanuel Pinheiro, classificou como desrespeito à família Campos a atitude do deputado federal Carlos Bezerra em convidar o governador Mauro Mendes (MDB) para compor as fileiras do partido. Na avaliação de Pinheiro, a oferta foi feita de maneira muito precipitada.

Leia mais:
Bezerra lembra falta de apoio a Fávaro e "freia" plano de Janaina de trazer WF para MDB

Emanuel foi questionado sobre o assunto e de cara demonstrou que não gostou do comportamento do cacique do MDB, que fez o convite sem antes consultar os pares da legenda.

Além do contexto de desavenças entre Emanuel e Mauro Mendes, uma eventual filiação do governador no MDB colocaria em xeque qualquer possibilidade de o prefeito sair candidato ao Governo de Mato Grosso na próxima eleição de 2022. Emanuel já disse que não é candidato, mas não gostou do que Bezerra fez perante aos prefeitos do MDB, em reunião no Palácio Paiaguás, no final da manhã de quinta-feira (3). 

"Acho precipitado convidar o governador para vir fazer parte do MDB", declarou Emanuel em entrevista exclusiva ao Olhar Direto. O prefeito ainda completou que esse tipo de situação também é um desrespeito aos Campos, que são decanos das fileiras do Democratas, partido que o governador está filiado atualmente.

"O DEM é um partido aliado ao MDB. Acabou de apoiar um quadro do MDB na prefeitura de Várzea Grande. O MDB só fez o prefeito, porque teve apoio do DEM. Teve os Campos à frente da campanha. É uma deselegância aos Campos, ao DEM e com a liderança do DEM. É preciso ouvir mais a base. Ouvir o sentimento da base do MDB e avaliar mais o recado que a população está dando nas urnas", disse Emanuel. 

Emanuel já deixou claro que prefere não entrar em atritos maiores com o governador Mauro Mendes, principalmente para tentar destravar obras e projetos que melhoram e desenvolvem Cuiabá, mas deixou a entender que prefere não fazer parte da mesma fileira partidária que o governador. 
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet
x