Olhar Direto

Segunda-feira, 18 de janeiro de 2021

Notícias / Cidades

Advogado é preso por cobrar honorários indevidos de cliente

Da Redação - Fabiana Mendes

04 Dez 2020 - 16:50

Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto

Advogado é preso por cobrar honorários indevidos de cliente
Um advogado, que não teve o nome divulgado, foi preso em Sorriso (420 quilômetros de Cuiabá), nesta quinta-feira (03), por tráfico de influência. Conforme boletim de ocorrência registrado, uma mulher procurou uma autoridade policial informando que estava sendo vítima de exigência de valores ilícitos pelo suspeito.

Leia mais:
Quatro pessoas ficam feridas em acidente entre carreta e três veículos de passeio

Segundo informações da Polícia Civil, a vítima foi presa no dia 15 de novembro por embriaguez na direção e, após a detenção, entrou em contato com o advogado que foi até à Delegacia de Sorriso na manhã seguinte afirmando que a fiança para ser solta seria de R$1.045,00 e que que cobraria da vítima o valor de R$ 2 mil como honorários.

O delegado José Getúlio Daniel determinou diligências para apurar as informações passadas pela vítima. Ela relatou que na data de sua soltura (16/11), após procedimentos na delegacia e pagamento da fiança, o advogado lhe informou que teria pago R$ 2 mil reais ao delegado para modificar a tipificação do crime cometido pela vítima, para que ela não fosse enviada a uma unidade prisional e que a mesma deveria arcar com este valor.

Ainda conforme informações repassadas pela vítima, ela entregou ao suspeito o valor de R$245,00 em dinheiro e um cheque no valor de R$2.800,00 para o dia 30/11, que posteriormente foi quitado mediante depósito bancário em nome do advogado.

Mesmo após a quitação integral dos honorários advocatícios e da fiança, o advogado voltou a cobrar da vítima o valor de R$ 2 mil que teriam supostamente sido pagos na delegacia de polícia para não encaminhar a vítima a uma unidade prisional.

Diante da situação de flagrante delito, o delegado José Getúlio e a equipe de investigadores realizaram diligências no escritório de advocacia e conduziu o suspeito à unidade policial. Foi acionado o representante da OAB local. O advogado foi autuado em flagrante pelo crime de tráfico de influência.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet