Olhar Direto

Notícias / Política MT

LÍDER DE EMANUEL

“Não fui eleito para trazer conflito”, afirma Marcrean ao pregar harmonia dentro da Câmara

Da Redação - Airton Marques

17 Jan 2021 - 17:01

Foto: Assessoria

“Não fui eleito para trazer conflito”, afirma Marcrean ao pregar harmonia dentro da Câmara
Escolhido para ser líder do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) na Câmara de Cuiabá, o vereador Marcrean Santos (PP) afirma que tem como meta estabelecer a harmonia entre os parlamentares da base e da oposição, deixando, assim, a péssima imagem gerada na legislatura passada, em que as sessões plenárias eram marcadas pelas trocas de xingamento e até agressão física entre os “colegas”.

Leia também:
Emanuel acusa governador de falta de sensibilidade com usuário do transporte público


“Desafio muito grande. Que nessa licenciatura nós possamos dar exemplo à sociedade. Não como a passada, uma legislatura turbulenta, que deixou sequelas no Legislativo. Não é isso que a sociedade espera dos vereadores. A sociedade cuiabana tem uma expectativa em cada vereador eleito. Foi depositado a confiança e ninguém entra aqui para ficar sentado, esperando o tempo passar. Não fui eleito para trazer conflito para essa Casa”, declarou.

Ao relembrar os embates do passado, Marcrean faz referência, principalmente, aos ex-vereadores Abílio Júnior (Podemos) e Felipe Wellaton (Cidadania), derrotados por Emanuel na disputa pelo Palácio Alencastro e que protagonizaram as principais cenas de brigas com os situacionistas. Abílio chegou a ser cassado por quebra de decoro parlamentar, mas conseguiu retornar ao mandato por decisão do Poder Judiciário.

Marcrean ressalta que a divergência dentro da Câmara é normal, mas que todas as diferenças devem ser tratadas internamente. Promete realizar reuniões mensais com todos os outros 24 vereadores e tratá-los de forma igualitária, independentemente do posicionamento em relação à prefeitura.

“É salutar discutir, mas dentro de respeito, que não traga o que foi trazido na legislatura anterior. Vou tratar todos com o maior respeito, independentemente se seja da oposição, pois o voto deles tem o mesmo valor que os da base. Quero a harmonia entre os vereadores e que a população tenha o resultado esperado. Todo conflito que possa existir tem que ser no campo interno e não externo”, completou.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet