Olhar Direto

Quinta-feira, 25 de fevereiro de 2021

Notícias / Política MT

Bezerra diz que fala de Emanuel feriu dignidade de deputados e foi ‘politicamente inadequada’

Da Redação - Isabela Mercuri / Do local - Max Aguiar

13 Jan 2021 - 15:40

Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto

Bezerra diz que fala de Emanuel feriu dignidade de deputados e foi ‘politicamente inadequada’
O deputado federal Carlos Bezerra (MDB) criticou a fala do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), que chamou os deputados de “vaquinha de presépio” por aprovarem o projeto do Governo que viabiliza o financiamento do BRT. Segundo Bezerra, que é presidente estadual do partido, Emanuel ‘feriu a dignidade dos deputados’.

Leia também:
Emanuel diz que Bezerra não pode ‘sair convidando governador’ sem ouvir as bases

“Não está correto. Fere a dignidade dos deputados. Isso, politicamente, não é adequado. Politicamente é um erro”, declarou o parlamentar, após reunião, na manhã desta quarta-feira (13), no Palácio Paiaguás. Em relação à crise interna do partido, Bezerra afirmou que o presidente municipal será escolhido somente em fevereiro, e que ainda aguarda contato do prefeito.

“O Emanuel ficou de falar comigo, [mas] não me procurou até hoje. Não sei. Então estou aguardando para ver os acontecimentos. Está tudo paralisado aqui. Vamos deixar passar a eleição da presidência da Câmara e mês que vem, de fevereiro em diante, vamos tratar disso”, declarou o deputado.

Apesar de o prefeito já ter afirmado que não irá deixar o partido, Bezerra insistiu que as discussões sobre o comando do diretório dependem da posição de Emanuel, já que ele, segundo o parlamentar, “deixa dúvida” sobre sua permanência no MDB.

“Houve um bombardeio depois da eleição, do pessoal dele para cima do partido. Esse bombardeiro deu um sintoma de que ele ia sair, porque bombardeou o partido de todo tipo, ele e o pessoal dele, tomou-se uma posição no partido já prevendo a saída dele”, afirmou Bezerra. “Agora ele volta atrás, diz que não quer sair, mas quer marcar para conversar, mas não conversamos até hoje... estamos aguardando. Então o problema não partiu do partido. O problema partiu... magoados com a eleição certamente, deviam estar felizes porque ganharam a eleição, passaram a agredir a Janaina que não apoiou ele, apoiou o Roberto França, então houve um tiroteio inoportuno. Agora, vamos ver. Isso vai baixar a poeira e vamos ver onde vai chegar com isso”.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet