Olhar Direto

Segunda-feira, 19 de abril de 2021

Notícias / Política MT

Veja como será

Vacinação será feita na rede básica de saúde; Cuiabá publicará plano de imunização na próxima semana

Da Redação - Isabela Mercuri

14 Jan 2021 - 17:17

Foto: Luiz Alves

Vacinação será feita na rede básica de saúde; Cuiabá publicará plano de imunização na próxima semana
Com o início da vacinação contra o novo coronavírus (Covid-19) programado para a próxima quarta-feira (20), o município de Cuiabá se prepara para divulgar o plano municipal de imunização na próxima semana. A certeza sobre a data virá no domingo (17), quando a Anvisa vai anunciar se concederá a liberação emergencial ou definitiva para o uso das vacinas Coronavac e a AztraZeneca / Oxford. Inicialmente, o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) anunciou que a vacinação acontecerá na Rede Básica de Saúde do município.

Leia também:
Vacinação contra a Covid-19 em Cuiabá deve começar na próxima quarta-feira

“Ao final da reunião com o ministro eu já convoquei a nossa equipe técnica coordenada pela secretária de Saúde Ozenira, e nós vamos, nesse momento, centralizar, ter um ponto central que está sendo definido, estamos fechando, estamos nos últimos detalhes desse fechamento para anunciar, utilizando como apoio também a estrutura já existente na rede municipal de saúde. Nesse final de semana, no mais tardar segunda-feira, iremos anunciar com antecedência toda a estrutura que irá atender a primeira fase, os grupos definidos, até a velocidade maior, ao longo dos meses, da campanha municipal de imunização em Cuiabá”, garantiram Emanuel. “O que eu posso garantir é que Cuiabá está se preparando nos últimos detalhes, está preparada para dar toda a segurança e atendimento à população cuiabana com sucesso”, completou.

O prefeito se reuniu virtualmente com o ministro Eduardo Pazuello na manhã desta quinta-feira (14), quando foi anunciada a data prevista para o início da vacinação em grupos prioritários. No entanto, as autoridades ainda aguardam a autorização da Anvisa. “Cuiabá está preparada, está organizada na sua logística, no seu plano de execução, inclusive com refrigeradores. E nossa preocupação com relação a agulhas e seringas, o Ministério da Saúde nos confortou dizendo que o Brasil é o maior produtor de seringas do mundo e o Ministério vai assegurar, o Governo Federal vai assegurar o fornecimento para todos os municípios brasileiros que necessitarem. Agora é aguardar a liberação da Anvisa no próximo domingo, dia 17, e se tudo der certo a partir do dia 20 de janeiro, quarta-feira, a primeira fase de imunização em Cuiabá será um sucesso. Cuiabá vai vacinar”, comemorou o prefeito.

Nesta primeira fase, devem ser vacinados profissionais da área da saúde, seguidos de idosos, deficientes e indígenas aldeados. Há uma solicitação do Ministério para a inclusão de professores no grupo prioritário, mas ainda não foi definido. Todos os detalhes devem ser divulgados pela Prefeitura na próxima semana.

Emanuel também explicou que neste primeiro momento as duas doses da vacina serão entregues no mesmo dia às Prefeituras. O prefeito garantiu que a Rede Básica está preparada para começar a vacinar. “Cuiabá tem essa estrutura, se preparou com antecedência, estamos só nos últimos detalhes da logística, para atender com toda a segurança e com todo o respeito à população cuiabana”, disse. “Nós temos uma grande rede municipal de saúde espalhada estrategicamente por toda a cidade, e na nossa gestão a gente ampliou essas unidades, então vamos primeiramente lançar mão delas, até para dar mais prioridade, segurança e estar mais próximo da população. O próprio Ministério da Saúde recomendou que, respeitando a autonomia de cada município, usássemos ao máximo a rede municipal de saúde, porque nenhum país no mundo tem uma rede municipal de saúde tão bem distribuída geograficamente”, finalizou.  

 

Comentários no Facebook

Sitevip Internet