Olhar Direto

Quinta-feira, 25 de fevereiro de 2021

Notícias / Política MT

Emanuel é eleito presidente do Consórcio do Vale do Rio Cuiabá; grupo de Mendes não conseguiu formar chapa

Da Redação - Isabela Mercuri / Do local - Max Aguiar

15 Jan 2021 - 11:46

Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto

Emanuel é eleito presidente do Consórcio do Vale do Rio Cuiabá; grupo de Mendes não conseguiu formar chapa
O prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) foi eleito, na manhã desta sexta-feira (15), presidente do Consórcio do Vale do Rio Cuiabá, em evento realizado na Associação Mato-Grossense dos Municípios (AMM). O prefeito ganhou por consenso. O grupo do governador Mauro Mendes (DEM) não conseguiu articular outra chapa, que teria Rogério Meira (PP), prefeito de Jangada, como candidato a presidente. 

Leia também:
Kalil nomeia segundo familiar para primeiro escalão: Alisson Baracat será chefe da Guarda Municipal

A associação reúne treze prefeitos da região metropolitana, por onde passa o Rio Cuiabá. a articulação pela vitória do prefeito de Cuiabá foi feita pelo deputado federal Emanuelzinho (PTB), que ligou para cada prefeito. Emanuel pretende fazer reuniões periódicas com outros presidentes de consórcio. Ele assume a presidência no lugar do prefeito de Rosário Oeste, João Antônio da Silva Balbino.

Segundo o prefeito, sua vitória foi uma vitória do municipalismo e ajudará na autonomia e liderança dos municípios. "Esse momento marca a reunião da região mais importante, da região pioneira, de verdadeiros desbravadores que a região emocionalmente falando de ‘baixada cuiabana’, o Vale do Rio Cuiabá, que é uma nomenclatura mais moderna, mas eu gosto de falar da nossa terra, imortal baixada cuiabana. (...) Só a nossa união pode promover o resgate da retomada política, administrativa, cultural e social da mais importante região do Estado perante o cenário regional do nosso estado", afirmou em seu discurso.

"Esse momento é muito importante, porque só quem conhece a realidade do municipalismo, só quem conhece a realidade dos pequenos municípios do estado de Mato Grosso sabe que um prefeito, uma prefeita, um gestor, mata cem elefantes por dia para poder sobreviver e poder tocar a municipalidade. Se nós não nos unirmos com inúmers gigantes adormecidos que temos, ainda inexplorados, por isso adormecidos, a região da baixada cuiabana com o tempo perderá, ou estará sob ameaça, como está hoje, na liderança, em todos os aspectos. Não é só político não. Em todos os aspectos do desenvolvimento de Mato Grosso. Nós somos a capital do Estado, tudo começou aqui. nós somos os verdadeiros pioneiros, nós somos os verdadeiros desbravadores", completou. 

Comentários no Facebook

Sitevip Internet