Olhar Direto

Quarta-feira, 03 de março de 2021

Notícias / Política MT

Comissão de deputados da AL quer saber se seca no Pantanal é causada por erros da Usina de Manso

Do Local - Max Aguiar

16 Jan 2021 - 07:45

Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto

Comissão de deputados da AL quer saber se seca no Pantanal é causada por erros da Usina de Manso
Os deputados estaduais que foram até a Baía de Chacororé, em Barão de Melgaço (distante 114km de Cuiabá), e viram de perto a situação da seca que atinge o Pantanal, irão na próxima semana até a Usina de Manso, em Chapada dos Guimarães, para saber se existe freio nas comportas ou se o problema da seca nos rios que abastecem o Pantanal é a estiagem. 

Leia mais:
Obras de infraestrutura e desvio de água em propriedades podem estar por trás de desastre no Pantanal; veja

Conforme o deputado Allan Kardec (PDT), a comitiva está pronta para cobrar a empresa Furnas Centrais Elétricas, que é a responsável pela barragem de Manso, pois indicativos dão conta que o manuseio das comportas causa o desabastecimento da região pantaneira. 

"Nós temos gravações da Baía completamente seca e vimos que tem barragens feitas, mas isso não é o único problema. A limpeza dos corixos é outro motivo, mas a principal pode ser na Usina de Manso. O Rio Cuiabá está muito abaixo do que é esperado no período. Nós temos a impressão de que o Manso esteja segurando o volume d'água", comentou o deputado Allan Kardec.

Segundo ele, na próxima semana o grupo de políticos e técnicos do Meio Ambiente vai investigar se as comportas estão segurando água. "A usina deve soltar água. Deve fazer isso sim. Qual é o retorno sócio ambiental que a Furnas fez em prol de Mato Grosso? Precisamos ir com essa comissão em Manso e saber se eles têm segurado o líquido para ajudar o Pantanal. Vamos lá na próxima semana, já", explicou o deputado. 

Sobre o impacto ambiental causado pela seca no Pantanal, e se for comprovado que a causadora disso é a falta de abertura das comportas Manso, a empresa  será acionada, conforme avisou o deputado. 

"Quem vai bancar os custos disso? Isso precisa ser um TAC, pois qual é o retorno socioambiental de todo ganho tido pela Furnas. Vamos convocar o presidente da Comissão de Meio Ambiente da Assembleia Legislativa, pois o presidente Carlos Avalone é um especialista em PCH's", concluiu o deputado.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet