Olhar Direto

Segunda-feira, 19 de abril de 2021

Notícias / Política MT

cerca de R$ 2,5 milhões

Em rota de colisão com MDB, Emanuel terá dívida de campanha paga pelo PV

Da Redação - Max Aguiar

16 Jan 2021 - 15:30

Foto: Rogério Florentino Pereira/ Olhar Direto

Em rota de colisão com MDB, Emanuel terá dívida de campanha paga pelo PV
Depois que a vice-presidente do MDB, deputada estadual Janaina Riva disse que não teria cabimento o partido assumir as dívidas de campanha do prefeito reeleito e empossado em Cuiabá, Emanuel Pinheiro, o chefe do Executivo disse que não precisa da ajuda de quem não o ajudou na campanha. Segundo ele, o passivo que resta ser pago será assumido pelo PV. 

Leia mais:
Mauro rebate críticas de Emanuel ao BRT: “Não fala em nome do povo de Mato Grosso”

A sigla é comandada em Cuiabá pelo vice-prefeito, José Roberto Stopa. E segundo o prefeito, isso já está certo e o PV assumiu o restante da dívida de campanha, que é pouco mais de R$ 2,5 milhões. 

"Não preciso do MDB para isso. O partido já me ajudou através do Diretório Nacional. Aqui eu tive o apoio do [Carlos] Bezerra e do Romoaldo [Júnior]. Mas o partido, em sua franca maioria, seguiu o governador Mauro Mendes”, disse.

No entendimento de Emanuel, o PV assumiu a dívida porque na Legislação, consta que a chapa, independente de partido, é uma só. 

"O PV já assumiu. Porque, pela legislação, a chapa é uma só. É normal isso. Na vez passada, o MDB assumiu e, dessa vez, é o PV. É público, está registrado no TRE e, dentro do que determina a lei, vamos buscar a arrecadação suficiente e pagar”, completou.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet