Olhar Direto

Quinta-feira, 25 de fevereiro de 2021

Notícias / Política MT

Mauro Mendes diz que prefere ser somente "espectador" da briga entre Dória e Bolsonaro

Da Redação - Max Aguiar

25 Jan 2021 - 14:03

Foto: Rogério Florentino Pereira/ OD

Mauro Mendes diz que prefere ser somente
Em meio a boatos de que governadores não tinham gostado da atitude do governador João Dória, do Estado de São Paulo, em ter iniciado a vacinação um dia antes que o restante do país, Mauro Mendes (DEM) preferiu não polemizar.

Leia mais:
"Se vacinar, tem 50% de chance de pegar o vírus. Se não, tem 100%", explica secretário

A informação era de que no grupo dos governadores, na rede social WhatsApp, alguns chefes de Executivo teriam criticado a atuação de Dória, que estaria politizando a imunização e causando mais um capítulo na briga com o presidente da República, Jair Messias Bolsonaro.

Mendes, ao ser questionado sobre o assunto, disse que prefere acompanhar apenas como espectador esse desgaste político entre o presidente da República Jair Bolsonaro e o governador de São Paulo João Doria (PSDB). Embora critique o Governo Federal por não priorizar a vacina contra a Covid-19, afirma que tomar partido na disputa não agrega nada para Mato Grosso.

“Eu não gosto de entrar nas polêmicas nacionais. Deixe para eles protagonizar essas polêmicas.  Sou muito mais focado em resultados. Quero trabalhar pelo meu Estado, pela minha população. Vou deixar de lado essas questões. Falar sobre isso não agrega valor ao Estado que represento”, declarou Mauro, dizendo que não se incomodou com Doria ter saído na frente  na imunização contra o novo coronavírus em São Paulo.

O secretário de Saúde, Gilberto Figueiredo, disse que São Paulo ter saído na frente tem uma espécie de mérito por tudo que foi batalhado para que o país começasse a imunização. 

Sem polemizar, Gilberto disse que se causou constrangimento a alguém, esse alguém é o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello. 

"Não causou constrangimento. Pode ter causado constrangimento ao Ministério da Saúde. Temos que convir, o estado que fez todo esforço que fez, conseguiu liberar a unica vacina desenvolvida e aprovada no país. Merecia fazer a vacinação. É mérito de São Paulo, fizeram por merecer, fizeram um ótimo trabalho", concluiu o secretário.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet