Olhar Direto

Sexta-feira, 16 de abril de 2021

Notícias / Política MT

TOMA LÁ, DÁ CÁ

Em recusa de reunião sobre BRT, Emanuel pede que governo mande representante para comissão municipal

Da Redação - Max Aguiar

22 Jan 2021 - 15:11

Foto: Rogério Florentino Pereira/ OD

Em recusa de reunião sobre BRT, Emanuel pede que governo mande representante para comissão municipal
O prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) respondeu o ofício 13/2021, que a Secretaria de Infraestrutura (Sinfra) solicitava a presença do Executivo da capital para a reunião técnica sobre a mudança do modal de VLT para BRT, enviando um novo convite, para que o estado disponibilize um representante do Governo do Estado para participar do Comitê Municipal que discutirá o assunto. 

Leia mais:
Mauro desafia Macron e Biden a virem a Mato Grosso e pede comparação de ativos ambientais

No documento, Emanuel cumprimenta o secretário Marcelo Padeiro, titular da pasta que irá comandar o trâmite de toda burocracia para implantação do novo modal nos dois maiores municípios do estado, e frisa que não há o que conversar, quando um assunto já foi decidido unilateralmente por parte do governo Mauro Mendes. 

"Entendemos, com a devida vênia, que o convite formalizado ao Município de Cuiabá, por intermédio do Ofício Nº 13/2021/GS/Sinfra, não supre as disposições legais aplicáveis a espécie no que se refere a implementação da política pública de mobilidade urbana de interesse comum, já que a decisão quanto a alteração do modal já fora unilateralmente tomada pelo Estado de Mato Grosso", escreveu o prefeito.

No decorrer do documento, Emanuel pede que todos os estudos feitos no Estado sejam compartilhados  com o Comitê Municipal. "Diante disso, convidamos Vossa Senhoria, a indicar um representante do Governo do Estado de Mato Grosso para participação na elaboração de tais estudos. Solicitamos ainda o encaminhamento de todos os estudos técnicos realizados individualmente pelo Estado de Mato Grosso ou em conjunto com outras entidades, afins de que estes sejam objeto de análise pelos membros do Comitê supracitado", finalizou. 

O documento foi encaminhado nesta tarde, ao gabinete do secretário Marcelo Oliveira, justificando assim a não ida de nenhum representante de Cuiabá no encontro técnico.   

Comentários no Facebook

Sitevip Internet