Olhar Direto

Notícias / Cidades

Plano nacional prevê vacinar só 19% da população e secretário avisa: “não vai chegar tão cedo a todos”

Da Redação - Wesley Santiago/Do Local - Max Aguiar

26 Jan 2021 - 11:05

Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto

Plano nacional prevê vacinar só 19% da população e secretário avisa: “não vai chegar tão cedo a todos”
O secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, afirmou que a campanha de vacinação contra o novo coronavírus deverá correr todo o ano de 2021 e, possivelmente, poderá até entrar no próximo ano. O Plano Nacional desenvolvido pela União prevê apenas 19% da população imunizada. Por conta disto, o gestor já adianta que a proteção “não vai chegar tão cedo a todos”. Segundo ele, nem o ministro da Saúde consegue cravar uma data.

Leia mais:
Centro de Triagem passa a realizar teste de antígeno para diminuir percentual de falsos negativos
 
“A vacina não vai chegar tão cedo a todos. Começamos com este grupo prioritário e o plano nacional somente prevê vacinar 19% da população. Todo mundo quer. Somente depois de algum tempo teremos a chamada imunidade de rebanho, para tentar acabar com o vírus”, explicou o secretário.
 
Questionado sobre quando a população que não é do grupo de risco poderá tomar a vacina, o secretário fez questão de frear expectativas: “Se eu tivesse essa resposta, eu ia ficar milionário. Nem o ministro da Saúde consegue falar para nós. O governo faz um grande esforço de produzir a vacina, aquisição, mas sabemos quando vai chegar a vacina um ou dois dias antes. Deveremos percorrer todo o ano de 2021 no programa de imunização”.
 
“Estamos tentando todos os caminhos para ajudar o governo a fazer a aquisição. O problema é que não há vacina disponível para comercializar. A União quer fazer novas aquisições e tem a prioridade. Queremos ir além do que está previsto no Plano Nacional de Imunização, que prevê 800 mil mato-grossenses imunizados. Nossa meta é 3,5 milhões. Para isto, faremos aquisição adicional, caso não aconteça isto com o Ministério da Saúde”, finalizou o secretário.

Números em MT

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta segunda-feira (25.01), 209.004 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 4.993 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 272 internações em UTIs públicas e 298 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 67,67% para UTIs adulto e em 34% para enfermarias adulto.

Nesta segunda-feira (25), o secretário de Estado de Saúde Gilberto Figueiredo afirmou que Mato Grosso está “à beira de um colapso”, e que algumas cidades com unidades superlotadas já estão transferindo pacientes com Covid-19 para outros municípios.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet