Olhar Direto

Quinta-feira, 25 de fevereiro de 2021

Notícias / Cidades

Paciente de Rondônia com Covid-19 transferido para MT sofre parada cardíaca ao chegar em Cuiabá

Da Redação - Wesley Santiago/Do Local - Max Aguiar

26 Jan 2021 - 15:40

Foto: Tchélo Figueiredo - SECOM/MT

Paciente de Rondônia com Covid-19 transferido para MT sofre parada cardíaca ao chegar em Cuiabá
Um dos dois pacientes que já chegaram transferidos de Rondônia, no início da tarde desta terça-feira (26), sofreu uma parada cardíaca e precisou ser reanimado. A informação foi divulgada pelo secretário estadual de Saúde (SES), Gilberto Figueiredo. Ao todo, o Estado receberá dez pessoas, que estão em estado grave e à procura de um leito, por conta do colapso naquela unidade da federação.

Leia mais:
MT receberá dez pacientes com Covid-19 de Rondônia e abrirá 70 novas UTIs em até duas semanas
 
Segundo o secretário, dois dos dez pacientes já chegaram a Cuiabá e foram transferidos para o Hospital Santa Casa. “Tivemos uma informação extraoficial de que um dos pacientes teve uma parada cardíaca e precisou ser reanimado”, revelou Gilberto.
 
Ainda conforme o gestor da Pasta, os outros pacientes serão alocados em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Santa Casa, Metropolitano, Pronto-Socorro Municipal de Cuiabá (PSMC) e São Benedito. Vale lembrar que todos eles estão em estado grave.
 
Conforme o secretário Estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, este é um momento de unir forças diante do colapso que os outros estados já vivem. O gestor entende que é preciso levar em consideração a universalidade do Sistema Único de Saúde (SUS) e ser solidário aos familiares e pacientes que anseiam por ajuda.
 
“Dentro do princípio de que é o SUS, não existe leitos exclusivos de Mato Grosso, de São Paulo ou do Rio de Janeiro. Existem leitos SUS e, neste momento, levando em consideração a nossa taxa de ocupação que está em 67% para UTIs adulto, temos que ser solidários com os estados que estão colapsados precisando de leitos”, pontuou Figueiredo.

Novas UTIs

Mato Grosso está em fase adiantada de contratação de mais 70 leitos de UTI no Estado, sendo dez em Rondonópolis e a mesma quantidade em Primavera do Leste e Sinop, além de mais 40 no Hospital Santa Casa, em Cuiabá. A expectativa é que em até duas semanas eles já estejam operando.

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta segunda-feira (25.01), 209.004 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 4.993 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 272 internações em UTIs públicas e 298 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 67,67% para UTIs adulto e em 34% para enfermarias adulto.

Nesta segunda-feira (25), o secretário de Estado de Saúde Gilberto Figueiredo afirmou que Mato Grosso está “à beira de um colapso”, e que algumas cidades com unidades superlotadas já estão transferindo pacientes com Covid-19 para outros municípios.

Particulares

A taxa de ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) exclusivos para tratamento de pacientes com Covid-19, em hospitais particulares, está em 86,5%. A informação foi divulgada pelo Sindicato dos Estabelecimentos de Serviços de Saúde do Estado de Mato Grosso (Sindessmat) nesta segunda-feira (25). Há duas semanas, a ocupação estava em 80%.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet