Olhar Direto

Notícias / Política BR

Dr. Leonardo pede prioridade na vacinação contra a Covid-19 a agentes comunitários de saúde

Da Redação - Airton Marques

27 Jan 2021 - 16:10

Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto

Dr. Leonardo pede prioridade na vacinação contra a Covid-19 a agentes comunitários de saúde
Ainda na fase inicial de imunização, o deputado federal Dr. Leonardo (Solidariedade) solicitou ao ministro da Saúde, general Eduardo Pazuello, a inclusão dos agentes comunitários de saúde (ACS) e de combate às endemias (ACE) nos grupos prioritários de vacinação contra a Covid-19. O ofício foi protocolizado na quarta-feira (26) e trata-se da formalização de vários contatos que já haviam sido feitos com o Ministério da Saúde neste sentido.

Leia também:
Professor desiste de dar aulas em escola militar após saber que precisaria tirar a barba e esconder tatuagens
 
“Justifica-se a urgência da vacinação da categoria porque os ACS e ACE visitam diariamente famílias, se expondo ao risco de serem contaminados em prol da promoção da saúde. Eles precisam ser inseridos entre os grupos prioritários justamente por isso, por se exporem ao risco pelo bem da saúde da sociedade como um todo”, afirmou o deputado Dr. Leonardo, que é presidente da Frente Parlamentar Nacional em Defesa dos Agentes Comunitários de Saúde e de Combate às Endemias.
 
O documento enviado ao ministério da saúde ressalta que os ACS e ACE precisam ser inseridos na lista de urgência da vacinação “tendo em vista que estes profissionais ficam na linha de frente no combate à pandemia” e que não há “quantidade de doses suficiente para imunizar a todos”.
 
Por enquanto, estão sendo vacinados profissionais da saúde que trabalham diretamente em unidades vinculadas ao atendimento de Covid-19 e os vacinadores. O Ministério da Saúde estabeleceu uma diretriz de prioridades que dá urgência aos profissionais da saúde na linha de frente, idosos com 75 anos ou mais, povos indígenas vivendo em terras indígenas e pessoas com 60 anos ou mais em instituições de longa permanência, como asilos e instituições psiquiátricas. Depois, ainda há outras três fases de prioridade.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet