Olhar Direto

Terça-feira, 22 de junho de 2021

Notícias | Política MT

crise econômica

Botelho garante articulação com o Executivo para ampliar linhas de crédito a pequenos empreendedores

Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto

Botelho garante articulação com o Executivo para ampliar linhas de crédito a pequenos empreendedores
O presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, deputado estadual Eduardo Botelho (DEM), participou nesta segunda-feira (15) de uma reunião com a diretoria do ‘Desenvolve MT’, e prometeu articular junto ao Executivo a possibilidade de ampliar as linhas de crédito a pequenos empreendedores.

Leia também:
Deputado conversa com a PM e propõe lei mantendo nome de escritor ‘imortal’ em escola

Segundo o parlamentar, o Desenvolve MT precisa de muitas intervenções do Executivo, dentre elas um aporte de recursos mensais e mudanças na administração dos cartões. “Nós vamos, evidentemente, levar essas reivindicações para negociar junto ao governo, junto ao secretário de fazenda para que haja essas alterações e elas sobrevivam”, garantiu o presidente.

“O Estado não é só obra, o estado não é só fazer obra, e eu acho que o governo tem que começar a entender isso, que não são só os grandes, os pequenos precisam disso, e faz parte do governo fazer esse auxílio, esse aporte aos pequenos”, argumentou Botelho. Para o parlamentar, é necessário fazer um governo mais social. “Nós vamos levar isso para o governador, para o secretário de fazenda, e tenho certeza que vamos encontrar uma solução”, completou.

Segundo a diretora de desenvolvimento e crédito da Desenvolve MT, Anne Cristine Siqueira, a ‘Desenvolve’ precisa aumentar a carteira de créditos e, com isso, gerar mais receitas. “A gente espera hoje que o legislativo nos apoie nesse aumento de recursos para viabilizar os empréstimos e com isso aumentar nossa receita. Nossa receita vem diminuindo e a gente precisa de novos recursos para aumentá-la”, argumentou.

Segundo Anne, houve redução drástica nos cartões administrados pela agência em 2020, e isso os prejudicou. “A gente paga muitos impostos em cima dos valores que a gente empresta, as nossas despesas são muito altas, não só em função de pagamento de folha. Não é o custeio da folha que a gente está pedindo, a gente está pedindo para o custeio administrativo principalmente da parte de tecnologia. A gente precisa dessa informatização. Já estamos em condições de expandir para o estado todo, mas a gente precisa de mais tecnologia para isso”.

O valor necessário para aumentar a carteira de crédito, de acordo com a diretora, está em R$ 30 milhões. Com este valor que será emprestado, as empresas podem comprar máquinas, equipamentos, ou mesmo investir como capital de giro.

Segundo o deputado estadual Carlos Avalone (PSDB), alguns setores, como turismo e eventos, foram muito prejudicados durante a pandemia. “Quem atendeu esse pessoal, a pedido da Assembleia e a pedido do próprio governo, foi a Desenvolve, com recursos do Fundeic. Para lembrar, o que é o Fundeic? É um fundo onde as grandes empresas que têm incentivo no Estado separam obrigatoriamente, todo mês, de 2% a 7% e depositam num fundo para dar recursos aos menores. Então é um fundo Robin Wood”, afirmou.

Ainda de acordo com Avalone, a diretoria da Desenvolve MT pediu também que a própria Assembleia aporte seus recursos economizados em investimento em pequenos empreendedores. A reunião com o Executivo deve acontecer nas próximas 24 ou 48 horas.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet