Olhar Direto

Segunda-feira, 12 de abril de 2021

Notícias / Política MT

REUNIÃO

Governo ouve queixa de deputados e libera equipe para elaborar projeto sobre isenção de alíquota previdenciária

Da Redação - Vinicius Mendes

25 Fev 2021 - 14:44

Foto: Reprodução / Google

Governo ouve queixa de deputados e libera equipe para elaborar projeto sobre isenção de alíquota previdenciária
A reunião realizada na manhã desta quinta-feira (25) entre deputados estaduais e o governador Mauro Mendes com sua equipe trouxe um alinhamento entre os poderes. Segundo o deputado Eduardo Botelho (DEM) o governador ouviu as queixas dos deputados sobre a falta de envolvimento com os lançamentos de obras por secretários. Além disso, afirmou que o Governo liberou uma equipe para trabalhar com os parlamentares e chegar a um projeto sobre a isenção da alíquota previdenciária a aposentados e pensionistas.
 
Leia mais:
Max Russi diz que Emanuelzinho deve conduzir debate entre Governo e Prefeitura
 
A reunião começou por volta das 10h30, no Palácio Paiaguás. O governador teve uma conversa individual com os parlamentares, a maioria sendo da base do Governo, e depois durante o almoço houve a conversa coletiva. Segundo Botelho, Mauro ouviu as queixas dos deputados, de quem não têm sido consultados nem convidados para lançamentos de obras nos municípios.
 
“Pedi para o governador, para fazer um alinhamento com os deputados, porque havia muita reclamação contra os secretários, que estavam lançando obra, decidindo as obras que faz, sem ouvir prefeitos, os deputados, então é muito importante. Quem construiu tudo que está aí foi a Assembleia Legislativa e agora nada mais justo que ouvir a opinião dos deputados sobre as obras que vão ser feitas nos municípios, quais as obras prioritárias. O governador entendeu que realmente tem que dar este crédito para os deputados, e vai chamar os secretários para que, doravante, não façam nada sem antes conversar e ver a opinião dos deputados sobre quais as obras prioritárias a serem feitas [na região de cada um deles]”.
 
Botelho explicou que isso é importante porque quem está mais próximo da população são os deputados, já que representam regiões de Mato Grosso. Ele é quem pode ter uma melhor ideia de quais obras são mais urgentes.
 
“Quem está mais em contato com a população é o vereador e o deputado, não adianta falar que é o secretário porque não é, o secretário fica lá dentro sentado. O governador concordou com tudo isso e está alinhado”.
 
Botelho também disse que acredita em um alinhamento entre o governador Mauro Mendes e o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro.
 
“Eu acho que vai sim [alinhar], vai ter muito encaminhamento para isso. Agora é aquela história, que nós tínhamos conversado com o governador, com o prefeito, um precisa amar o outro, os dois têm que trabalhar pelos objetivos comuns, o Governo tem várias obras que são importantes para Cuiabá, por que não sentar e fazer juntos?”.
 
Na reunião também foi discutida a situação da alíquota previdenciária para aposentados e pensionistas. Quando vetou o PLC 36, que tratava sobre isso, Mauro disse que estava aberto ao diálogo com os deputados, para chegarem em uma proposta, que deve ser apresentada pelo Governo. Botelho disse que o Estado irá colaborar com os parlamentares.
 
“O Governo liberou toda a equipe para trabalhar conosco e encontrar um projeto, porque ele também está ansioso para encontrar isso. [...] Já está pronto para mandar [proposta de isenção para pessoas com doenças incapacitantes], mas talvez, e nós chegarmos a uma conclusão semana que vem já manda junto”. Botelho acredita que é provável que a comissão criada para tratar deste assunto apresente um parecer prévio na semana que vem.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet