Olhar Direto

Segunda-feira, 19 de abril de 2021

Notícias / Cidades

QUESTIONAMENTO JURÍDICO

Secretária se diz surpresa com ação do Paiaguás e afirma que bloqueio de UTIs não prejudicou atendimento

Da Redação - Airton Marques

26 Fev 2021 - 17:55

Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto

Secretária se diz surpresa com ação do Paiaguás e afirma que bloqueio de UTIs não prejudicou atendimento
A secretária de Saúde da Capital, Ozenira Félix, afirma ter sido pega de surpresa com a ação proposta pelo Governo estadual, para que o município disponibilize 33 leitos de UTI para casos de Covid-19, que haviam sido bloqueados por falta de medicação e de médicos. O pedido liminar (provisório) foi atendido pelo juiz Roberto Seror, da 5ª Vara da Fazenda Pública da Capital.

Leia também:
Prefeitura afirma que Estado induziu Justiça de forma leviana e politiqueira; 80 leitos de UTI abertos

De acordo com Ozenira, os problemas que levaram ao bloqueio dos leitos já estavam sendo resolvidos. Além disso, afirma que o bloqueio de UTIs não prejudicou o atendimento aos pacientes com Covid.

“Fiquei surpresa. Não é um problema de agora, as UTIs foram montadas em tempo recorde. Temos equipamentos que estragam muito rápido, o que bloqueia os leitos. Há alguns dias, tivemos que fazer reparo em seis respiradores, que ficaram dois dias no conserto, deixando os leitos bloqueados. É um processo de manutenção constante, mas, dificilmente recusamos pacientes”, disse, durante live ao Olhar Direto, nesta sexta-feira (26).

Ozenira ressalta que a falta de medicamentos nas UTIs para adultos foi resolvida ainda na quinta-feira (25) e que nos leitos pediátricos, a prefeitura já contratou os cirurgiões pediátricos necessários.

Mais cedo, a prefeitura disse que a decisão tornou-se sem efeito, uma vez que os leitos estavam em funcionamento.

 

Comentários no Facebook

Sitevip Internet