Olhar Direto

Quarta-feira, 14 de abril de 2021

Notícias / Política MT

Entre prefeituras

Consórcio para aquisição de vacinas deve ser constituído até dia 22 de março; Cuiabá participa

Da Redação - Isabela Mercuri

02 Mar 2021 - 10:59

Foto: Davi Valle / Prefeitura de Cuiabá

Consórcio para aquisição de vacinas deve ser constituído até dia 22 de março; Cuiabá participa
O Consórcio para aquisição dieta de vacinas e insumos contra a Covid-19 - formado por diversas prefeituras, incluindo a de Cuiabá - deve ser constituído e instalado até o dia 22 de março. Esta é a previsão da Frente Nacional de Prefeitos (FNP), que definiu os trâmites para constituição do consórcio.

Leia também:
Emanuel cumpre agenda em Brasília no Ministério da Saúde e Desenvolvimento Regional

“Nosso esforço, o meu compromisso é para garantir a imunização de nossa população”, declarou o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB). No sábado (27), ao lado de prefeito de nove capitais, o gestor acompanhou as primeiras tratativas para a implantação.

Nesta terça-feira (2), o prefeito Emanuel Pinheiro, ao lado do presidente da Câmara Municipal, Jucá do Guaraná (MDB) e do vereador Renivaldo Nascimento (PSDB), encontra-se em Brasília e tem como pautas a busca de recursos à saúde pública e o detalhamento de ações do consórcio para aquisição de vacinas para população cuiabana.

“Quanto à instalação do consórcio é importante a gente se unir, que não se crie uma ideia de competição, de concorrência com o governo federal, estadual. Ou seja, vamos agregar, criar um movimento para ajudar o Governo Federal a pulverizar com a maior rapidez possível a imunização da população”, explica Emanuel.

Os recursos para compra de vacinas poderão ser disponibilizados de três formas: por meio dos municípios consorciados, de aporte de recursos federais e de eventuais doações nacionais e internacionais, de acordo com a Frente Nacional dos Prefeitos.

O consórcio dará suporte aos municípios caso o Plano Nacional de Imunização (PNI), do governo federal, não consiga suprir a demanda nacional. A ideia de constituir um consórcio público para aquisição de vacinas, medicamentos, insumos e equipamentos está fundamentada na Lei nº. 11.107/2005. A FNP reúne as 412 cidades com mais de 80 mil habitantes.

*Com informações da assessoria de imprensa da FNP.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet