Olhar Direto

Quarta-feira, 14 de abril de 2021

Notícias / Cidades

exclusivo

Empresário do ramo de metais preciosos é preso em operação da PF

Da Redação - Fabiana Mendes / Da Reportagem Local - Michael Esquer

02 Mar 2021 - 11:55

Foto: Reprodução / Polícia Federal

Empresário do ramo de metais preciosos é preso em operação da PF
O empresário Ricardo Felipe Altran foi preso nesta terça-feira (2) pela Polícia Federal através da terceira fase da operação Papagaio de Ouro, que mira responsáveis por adquirir ilegalmente o minério extraído de um garimpo clandestino em Nova Lacerda (540 km de Cuiabá). 

Leia mais:
Grupo movimentou R$ 100 mi com venda de ouro; pai usou contas da filha de 9 anos; fotos e vídeos

Olhar Direto apurou que ele é socioproprietário da empresa Metal Forte, que faz o comércio de metais preciosos desde 2017 e está localizada na avenida Júlio Campos, no bairro Marajoara, em Várzea Grande (região metropolitana de Cuiabá). O capital social da empresa é de R$ 650 mil.

A defesa do empresário afirmou ao Olhar Direto que ainda não teve acesso ao auto de prisão e nem do processo que envolve seu cliente. Depois disso, deverá se manifestar sobre o ocorrido. 

A operação Papagaio de Ouro cumpre 13 mandados de busca e apreensão e um de prisão temporária, em Cuiabá e nos municípios de Várzea Grande, Pontes e Lacerda e Peixoto de Azevedo. Os mandados foram expedidos pela 2ª Vara Federal de Cáceres.

Essa investigação é desdobramento da primeira fase que foi deflagrada em 2020 e prendeu os responsáveis por um garimpo clandestino em Nova Lacerda.  Há suspeitas que tenham extraído e comercializado mais de uma tonelada de ouro de forma ilícita.

As investigações principiadas pela Polícia Federal apontam que o ouro ilegal seria “esquentado” através da mistura com o de procedência legal, dificultando o rastreio de sua origem.

Operação Papagaio de Ouro faz referência ao Córrego do Papagaio, local onde a investigação teve início, em que a Polícia Federal recebeu uma denúncia de que a área estava sendo poluída com os rejeitos de um garimpo ilegal.
 

Comentários no Facebook

Sitevip Internet