Olhar Direto

Sábado, 15 de maio de 2021

Notícias | Cidades

QUATRO DENÚNCIAS

Polícia Militar prende três em madrugada marcada por violência contra mulheres

Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto

Polícia Militar prende três em madrugada marcada por violência contra mulheres
A operação Dispersão IV, deflagrada pela Polícia Militar em Rondonópolis, atendeu quatro ocorrências desde a noite de sábado (6) até a madrugada deste domingo (7). Os casos envolveram violência doméstica contra mulher, agressões físicas com facão, puxões de cabelo e até ameaças de incêndio.

Leia também: 
Homens descobrem que namoram a mesma mulher e um é preso após tentar matar o outro

Na primeira delas, a equipe da polícia foi acionada, por volta das 23h15 horas de sábado, no Bairro Padre João Bosco Brunier, após relato de que uma mulher foi agredida fisicamente por seu amante, que causou danos a seu rosto, braços, pernas e costas. A mulher ainda contou que o suspeito quebrou vários moveis da casa e sua motocicleta. A equipe policial conseguiu realizar a detenção do suspeito e o encaminhou até a delegacia, para as devidas providências do caso. As identidades dos envolvidos não foram divulgadas.

O segundo caso, ocorreu por volta das 23h55 horas de sábado, no Bairro Jardim Tropical, em Rondonópolis, quando policiais plantonistas foram solicitados para atender à discussão de um casal. Na celeuma, um pai não queria entregar a filha para sua mãe e, para isso, estava proferindo ameaças à mulher. Nos insultos violento, o pai ameaçava ‘quebrar a cara da vítma’, ‘colocar sua cabeça no vazo’, além de outras diversas ofensas verbais. Segundo a mãe, o suspeito havia ingerido bebida alcoólica, o que agravou a situação. Diante do ocorrido, segundo informado pela PM, ambos foram encaminhados para a delegacia. A identidade dos envolvidos não constou no boletim de ocorrências.

A terceira ocorrência foi um caso de agressão em que a vítima solicitou ajuda à polícia, por volta de 1h deste domingo, no bairro Ana Carla, em Rondonópolis, informando que sofreu agressões, teve seus cabelos puxados, foi derrubada da cama e que o suspeito pegou um isqueiro ameaçando atear fogo na residência. Duas crianças menores de 5 anos impediram o ato ao gritarem por socorro, fazendo com que o agressor saísse da casa. A equipe que atendeu a ocorrência, em rondas pelo bairro, conseguiu localizar o suspeito e o encaminhou até a delegacia, com uso de algemas. A vítima não se deslocou até a 1ª DP pois teria que ficar cuidando das duas crianças citadas. Informações sobre a identidade dos envolvidos não foi divulgada no Boletim de Ocorrência.

Por fim, a última solicitação atendida pela polícia aconteceu em torno da 1h45 minutos deste domingo, também em Rondonópolis. A equipe se locomoveu até o Bairro Vila Lourdes após vítima e testemunha relatarem que a suspeita, que já manteve um relacionamento passado e terminado com a vítima, chegou ao endereço empossada de um facão, arrombou o portão e encontrou sua ex nos fundos da residência.

Posteriormente, desferiu golpes em sua cabeça, que ocasionou profundos cortes. Depois disso a suspeita fugiu do local. Segundo boletim de ocorrência, o que motivou a agressão foi o fato de que a suspeita não aceitou o fim do relacionamento entre as duas, que foram casadas durante alguns anos. A vítima foi encaminhada à UPA para receber atendimentos médicos. As identidades das envolvidas não foram reveladas no Boletim de Ocorrência.
 

Comentários no Facebook

Sitevip Internet