Olhar Direto

Domingo, 17 de outubro de 2021

Notícias | Política MT

Tempo exíguo

Jayme acredita que BRT não será concluído na gestão Mauro: 'a coisa não está bem'

Foto: Rogério Florentino Pereira/ Olhar Direto

Jayme acredita que BRT não será concluído na gestão Mauro: 'a coisa não está bem'
O senador Jayme Campos (DEM) está desanimado perante às perspectivas em relação ao transporte em Cuiabá e Várzea Grande. Segundo ele, da forma como está sendo conduzido, não haverá “nem VLT nem BRT”. O parlamentar afirmou que o tempo é curto para que seja concluída a mudança de modal ainda na gestão do governador Mauro Mendes (DEM).   

Leia também:
Jayme Campos critica postura do DEM e diz que partido está "acéfalo" em Mato Grosso
 
“A impressão que eu tenho é de que da maneira como vem sendo conduzido até aqui não vai ter nem VLT e nem BRT, porque virou um cabo de guerra. Eu não sei, o governador Mauro Mendes já esteve em Brasília, no Ministério, não sei como foi, e já tentou viabilizar a mudança do BRT para o VLT. [Mas] A informação que eu tenho, para ele de fato sair do VLT para o BRT há um questionamento jurídico”, afirmou. Segundo Jayme, apesar de o governador já ter ganhado na primeira instância contra o consórcio do VLT, para fazer a mudança de financiamento é necessária autorização do conselho do FGTS, de onde veio o dinheiro do fundo. A entrevista foi dada à Rádio Capital.
 
O senador ainda criticou a briga entre o governador e o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB). “Qualquer cidadão lúcido, com o mínimo de sanidade mental viu que a coisa não está indo muito bem. De um lado está o prefeito Emanuel Pinheiro de Cuiabá, do outro lado está o governador Mauro Mendes, nessa guerra que está travada, nesse embate, e quem está sendo prejudicado é a sociedade, a população que até agora não tem um transporte de boa qualidade, lamentavelmente muito precário pelo fato de que associou uma guerra política”.
 
No fim das contas, Jayme se mostra pessimista em relação à conclusão do BRT. “Pelo que estou vendo aí, no governo Mauro Mendes é muito difícil de ser concluído. Até porque o tempo está exíguo já. Já estamos quase em abril. O tempo está muito exíguo. Uma obra dessa até para você licitar, pelo que consta não tem nem projeto executivo da obra de VLT para BRT, demanda tempo, né. Além de fazer projeto, licitação, mobilização de canteiro, licenças ambientais, isso demanda tempo. Se tem o dinheiro no caixa, mas não tem tempo suficiente. E o Mauro disse há poucos dias atrás que ele quer iniciar no mês de maio. Parabéns e sucesso, estou torcendo muito para isso acontecer”, finalizou.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet