Olhar Direto

Domingo, 17 de outubro de 2021

Notícias | Cidades

após brigas

Motorista de aplicativo é detido por desacato a fiscal da Semob durante manifestação; veja vídeos

Foto: Reprodução

Motorista de aplicativo é detido por desacato a fiscal da Semob durante manifestação;  veja vídeos
O motoristas de aplicativo, Flávio Mesquita Munhoz da Silva, conhecido como ‘Guerreiro’, de 38 anos, foi detido na tarde desta quarta-feira (17), durante manifestação contra a alta do preço dos combustíveis. A detenção aconteceu na Avenida Getúlio Bargas. Segundo a Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob), o motorista foi detido por desacato à autoridade.

Leia também:
Homem é preso após atacar mulher e tentar passar a mão na genitália da vítima no meio da rua 

Em vídeo divulgado nas redes sociais o homem que foi detido afirma que o ‘amarelinho’, fiscal da Semob, não quis receber um ofício e estava repreendendo os motoristas porque estavam trocando de carros. Nas imagens, Guerreiro diz que o servidor chamou a Polícia alegando desacato. “ Vamos acompanhar até o Cisc, é todo mundo para [ir para] o Cisc”, diz o homem. Veja:
 
 
De acordo com o Boletim de Ocorrência registrado, os agentes de trânsito contaram que acompanhavam a manifestação quando o motorista se aproximou dos fiscais e disse: "Chegaram agora, seus merdas", dentre outras ofensas.

Os agentes ainda contaram que o motorista havia chamado outros companheiros para se aproximarem, gesticulando com as mãos e incitando uma possível agressão. Neste momento, os agentes deixaram o local e foram até a base da Polícia Militar. 

Os policiais compareceram ao local e detiveram Flávio, que foi levado para a Central de Flagrantes. Eles ainda checaram o sistema e encontraram diversos Boletins de Ocorrência em desfavor do motorista.

Segundo a Semob, os amarelinhos acompanham a manifestação para fazer a organização do trânsito, e o presidente do Sindicato começou a agredir os amarelinhos dizendo que eles estavam multando os motoristas. Em uma imagem de câmera de segurança é possível ver as discussões:
 
 
A secretaria se manifestou por meio de nota:

ATUALIZAÇÃO: Ao contrário do que Olhar Direto havia noticiado, o motorista preso não é presidente do sindicato. 

Nota à imprensa

O secretário de Mobilidade Urbana, Antenor Figueiredo, lamenta a atitude desrespeitosa  sofrida pelos agentes de trânsito que acompanhavam carreata realizada na tarde desta quarta-feira (17) e que sofreram agressões verbais durante ato legítimo do exercício de suas funções. 

Lembra que em  todas as manifestações que ocorrem na cidade, a Semob- Secretaria de Mobilidade Urbana - está presente para organizar o tráfego de veículos  e garantir o direito de livre manifestação dos participantes dos protestos, assim como  o direito de ir e vir daqueles que transitam pelas vias por onde  ocorre às manifestações.

Lamentavelmente,  na tarde de hoje foi preciso que os agentes acionassem a Polícia Militar diante da situação de obstrução da via. 

Para se resguardarem, os agentes registraram um boletim de ocorrência - onde explicam que alguns motoristas que participavam do ato público na avenida historiador Rubens de Mendonça (Av. Do CPA) - estavam atrapalhando o trânsito já que decidiram descer do carro, o que colocou em risco suas vidas e de terceiro. Em um determinado momento uma ambulância foi impedida de passar pela via. 

A Semob reitera o compromisso com a população e se coloca a disposição.


A Associação de Motoristas de aplicativo  (AMA-MT)também se manifestou por meio de nota:

Nota   

AMA-MT, vai ser sempre afavor do diálogo seja com o poder público ou privado, já mais vamos aceitar vandalismo ou quaisquer outras coisas do género. 
Por isso a ama, e seus cooperados não participou e não apoia as atitudes tomadas nos vídeos e fotos que circulam nos grupos de motoristas por Aplicativos.

 
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet