Olhar Direto

Sábado, 08 de maio de 2021

Notícias | Cidades

Luto no judiciário

Promotor de Justiça, Célio Furio morre vítima da Covid-19

16 Abr 2021 - 10:23

Da Redação - Wesley Santiago/Arthur Santos da Silva

Foto: Reprodução

Promotor de Justiça, Célio Furio morre vítima da Covid-19
O promotor de Justiça Célio Furio morreu, nesta sexta-feira (16), vítima de complicações da Covid-19. Ele estava internado em um hospital de São Paulo, onde lutava pela vida. Ele fazia parte do grupo de risco, por ser cardíaco.

Leia mais:
Mortes por Covid-19 representam 56% dos óbitos por doenças em Mato Grosso

No fim de março, o promotor apresentou piora em sua condição médica e precisou ser intubado para um tratamento mais intensivo da doença. Posteriormente, para um tratamento mais complexo, foi levado para São Paulo.

O promotor chegou a ter 50% do pulmão comprometido e também precisou passar por hemodiálise, já que houve problema nos rins. Célio Furio era cardíaco, fator de risco para a Covid-19.

O procurador-geral de Justiça, José Antônio Borges, se mostrou bastante abalado com a notícia: “Estamos profundamente abalados e tristes com a perda do nosso colega e amigo Célio Fúrio. O momento é de dor, de luto e de muita tristeza. Vivemos uma situação de pandemia  muito difícil. Que tenhamos fé e esperança por dias melhores e sabedoria para lidarmos com tantas perdas”, destacou.

"O Célio era um homem que vai deixar muita saudade. Uma pessoa extremamente honrada, séria, preocupado com a sociedade. Um ótimo marido e pai. Que Deus conforte o coração dos familiares", disse ao Olhar Direto o ex-procurador-geral de Justiça, Paulo Prado.

"Estamos desolados com o falecimento do nosso querido irmão de jornada Célio Furio. Perdemos um grande companheiro. Mato Grosso perde um homem exemplar, promotor dos mais competentes e comprometidos com a causa pública. Nossos sentimentos à família. Uma dor terrível! Promotores do núcleo de defesa do patrimônio e da probidade administrativa", manifestou Roberto Turin.

Um dos promotores mais atuantes de Mato Grosso, Célio Furio trabalhava como membro do Núcleo de Defesa do Patrimônio Público de Cuiabá, responsável por investigar e propor ações contra esquemas de corrupção que configuravam improbidade administrativa.

Em um de seus últimos processos, ele denunciou o ex-deputado e delator premiado, José Riva, Mauro Savi, Romoaldo Junior, mais quatro pessoas e três empresas por suposta fraude em pregão da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT). Processo cobra restituição de R$ 825 mil. Licitações guardavam relação com a TV do órgão.

Em seu último contato com o Olhar Direto, o promotor descartou a possibilidade de disputar vaga aberta para desembargador do Tribunal de Justiça. "Sou do MPE, se desejasse ser juiz, faria concurso", argumentou.

O promotor de Justiça Célio Fúrio ingressou no Ministério Público do Estado de Mato Grosso em  1992. Atuou nas comarcas de Água Boa, Tangará da Serra, Rondonópolis, Várzea Grande e em Cuiabá.

Fúrio deixa esposa e dois filhos.

Nota AMMP

NOTA DE PESAR

A Associação Mato-Grossense do Ministério Público – AMMP vem externar seu profundo pesar pelo falecimento do Promotor de Justiça Célio Joubert Fúrio, 56 anos.

Com quase 03 décadas de dedicação ao Ministério Público do Estado de Mato Grosso, tendo iniciado sua carreira em 1992, foi exemplo de seriedade e competência nas atividades ministeriais, deixando um legado a todos os colegas e a sociedade mato-grossense.   

Iniciou sua carreira na comarca de  Água Boa, tendo exercido ainda suas funções nas comarcas de Canarana, Tangará da Serra, São Félix do Araguaia, Nova Xavantina, Rondonópolis, Várzea Grande e Cuiabá. 

Atualmente, estava lotado na 35ª Promotoria Cível de Defesa do Patrimônio Público e Probidade, tendo atuado por mais de 01 década na defesa  do erário mato-grossense. 

Nesse momento de intensa tristeza, a AMMP reconhece e agradece o trabalho e dedicação ao MPMT, rogando a Deus que o receba de braços abertos e console o coração de familiares e amigos que tiveram a felicidade de tê-lo em seu convívio.
  
Rodrigo Fonseca Costa
Presidente da AMMP
Gestão 2020-2023


Atualizada às 10h32, 10h41 e 11h05.
Sitevip Internet