Olhar Direto

Quinta-feira, 06 de maio de 2021

Notícias | Política MT

Paralelo aos idosos

Cuiabá vai iniciar vacinação de moradores de rua e de pessoas com comorbidades

16 Abr 2021 - 11:32

Da Redação - Isabela Mercuri / Da reportagem local - Max Aguiar

Foto: Rogério Florentino Pereira/ Olhar Direto

Cuiabá vai iniciar vacinação de moradores de rua e de pessoas com comorbidades
O prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) afirmou que Cuiabá irá começar a vacinar todas as pessoas como comorbidades graves e também aquelas que vivem em situação de vulnerabilidade social, mesmo sem terminar a vacinação dos idosos. A imunização destes grupos deve ser paralela.

Leia também:
"É uma piada", diz governador sobre professores exigirem vacinação de alunos para volta às aulas
 
“Eu me preparei agora por questão humanitária, determinei que continuem dando sequencia à vacinação dos idosos, mas paralelo a isso eu abri a antecipação da vacinação do grupo das comorbidades, que são os  que mais precisam. Então quem faz hemodiálise, [tem] síndrome de down, autistas, pessoas que estão em tratamento de câncer, obesos, grupo de comorbidade que precisa ter prioridade realmente, necessitam mais. Então estou abrindo essa prioridade para, paralelo aos idosos, antecipar a vacinação do grupo comorbidades”, garantiu o prefeito nesta sexta-feira (16).
 
Nesta sexta-feira (16), inclusive, cerca de 600 pacientes que passam por tratamento de hemodiálise começarão a ser vacinados contra o novo coronavírus (Covid-19). Os pacientes receberão a dose no próprio local onde passam pelo tratamento médico. O responsável pela aplicação das doses será o enfermeiro ou o técnico de enfermagem da própria instituição, com a supervisão de um profissional da Secretaria Municipal de Saúde.
 
Além deste grupo, o prefeito, junto à primeira-dama, também garantiu a vacinação àqueles que vivem em situação de vulnerabilidade social. “Também quero imunizar os moradores de rua, catadores de recicláveis, carroceiros, garis e varredores. Dá de 1300 a 1500 pessoas, e quero dar prioridade porque estão expostos demais, são pessoas humildes, trabalhadoras. Segundo pesquisa nacional nessa faixa são o maior número de internados em enfermarias e leitos de UTI, então isso influenciou bastante”, finalizou.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet