Olhar Direto

Terça-feira, 27 de julho de 2021

Notícias | Política MT

rasgou o verbo

Emanuelzinho não poupa críticas ao governador e chama Mauro Carvalho de "bobo da corte"

Foto: Rogério Florentino Pereira/ Olhar Direto

Emanuelzinho não poupa críticas ao governador e chama Mauro Carvalho de
O deputado federal Emanuel Pinheiro Neto (PDT), o popular Emanuelzinho, fez duras críticas ao governador Mauro Mendes (DEM) e também ao chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho. Na concepção do parlamentar, falta diálogo, respeito e governabilidade por parte do chefe do Executivo, que, em sua opinião, não tem capacidade técnica de gerir o Estado, principalmente neste período de pandemia. 

Leia mais:
Emanuel diz que vai flexibilizar comércio o máximo que puder: “Quero que as pessoas trabalhem”


Emanuelzinho falou com a imprensa na sede da Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM), durante apresentação do projeto de construção do novo Mercado Municipal. Aos jornalistas, o deputado disse que não vai aceitar calado o que classificou como "presepadas" vindas do Palácio Paiaguás. 

“Nós não vamos aceitar as presepadas do governador e a falta de respeito com que ele trata Cuiabá e vamos nos impor. Acho que os dois [Emanuel e Mauro] têm seus erros e seus acertos. No entanto, o que se espera do governador, o líder maior da classe política é justamente a capacidade de unidade, especialmente durante a pandemia”, disse nesta manhã de sexta-feira (16). 

Emanuelzinho ainda respondeu as críticas feitas contra ele pelo secretário Mauro Carvalho. Apesar de ser chamado de imaturo, Emanuelzinho disse que não quer ter a experiência de Carvalho e Mendes. 

"A experiência deles eu não quero ter. Na pandemia nem abrir leitos de UTI eles estavam dando conta e eu ajudei. Conseguimos respiradores. Pessoas que nunca fizeram nada pelo estado querem falar. O governador anuncia 30 mil obras, não entrega nenhuma. O Mauro Carvalho precisa parar de ser bobo da corte e ser secretário e ele (Mauro Mendes) precisa parar de ser imperador e ser governador", comentou o deputado. 

Emanuelzinho, que até ano passado tinha um discurso mais ameno em relação ao Governo do Estado, verdadeiramente abriu a 'caixa de ferramentas' e disse que o governador não aguenta "uma pancadinha e já quer pedir pra sair". "Ele tem que saber que política e gestão não é fácil", completou o parlmentar.

Por último, ele disse que se Mauro Mendes não está conseguindo tocar o governo, ele não está preparado para governar. "Se ele não tem a capacidade de unir os municípios, o setor produtivo, servidores em um momento delicado como esse, não está preparado para ser governador”, disparou.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet