Olhar Direto

Terça-feira, 22 de junho de 2021

Notícias | Cidades

DOIS FORAGIDOS

Bandido é preso após render funcionário, matar e descarnar bois de propriedade rural

Foto: PMMT

Bandido é preso após render funcionário, matar e descarnar bois de propriedade rural
Um homem de 24 anos, que não teve a identidade divulgada, foi preso nesta sexta-feira (16), acusado de roubo e cárcere privado no município de Cáceres (219 km de Cuiabá). Na companhia de outros dois supeitos, que fugiram, ele invadiu um imóvel rural, matou três bois, descarnou e manteve as vítimas em cárcere privado em um curral.

Leia também:
Carreta fica destruída após colisão com ônibus e fertilizantes são esparramados na pista; fotos

A Polícia Militar recebeu denúncia sobre roubo em andamento na comunidade rural de Morrinhos. Em posse da informação, uma equipe de militares se dirigiu até o endereço citado.

Durante o trajeto, os policiais encontraram três homens, que ao perceberem a chegada, fugiram para uma área de mata. Eles estavam em uma motocicleta, modelo Honda Titan, de cor vermelha e um Corcel marrom. Um dos integrantes do trio foi alcançado e terminou preso.

Dando continuidade a ação, no imóvel informado na queixa, os militares encontraram o caseiro da propriedade e um amigo trancados dentro de um quarto. Os suspeitos amarraram a maçaneta da porta com uma corda para impedir a saída das vítimas do cômodo.

Aos policiais, as vítimas relataram que, no curral, os acusados tinham abatido três bois e roubado a carne, deixando apenas as cabeças dos animais. O suspeito detido foi questionado para onde tinham levado a carne e revelou a casa de um dos comparsas.

Na residência indicada, a esposa do denunciado disse que não via o marido desde a noite passada. Ela entregou o documento do suspeito e alegou não saber do crime.  

Diante da situação, a carne apreendida foi entregue ao caseiro, uma vez que se fosse levada até a delegacia poderia estragar. Uma motosserra, uma espingarda de pressão e duas lanternas utlizadas no crime foram apreendidas.

O suspeito detido deve responder pelo crime de de roubo e cárcere privado. Os dois suspeitos que fugiram até o momento da publicação desta matéria não foram encontrados. Neste momento, a polícia continua na região procurandos os demais envolvidos.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet