Olhar Direto

Quinta-feira, 06 de maio de 2021

Notícias | Política MT

NOVO ROUND

Chamado de ‘bobo da corte', Carvalho compara Emanuelzinho a “menininho mimadinho”

Foto: Rogério Florentino Pereira/ Olhar Direto

Chamado de ‘bobo da corte', Carvalho compara Emanuelzinho a “menininho mimadinho”
O secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho, voltou a rebater críticas feitas pelo deputado federal Emanuelzinho (PTB). Após ter sido chamado de “bobo da corte” pelo parlamentar, o braço direito do governador Mauro Mendes (DEM) afirmou que tal insulto deve ser ignorado e comparou o petebista a garoto mimado.

Leia também:
Emanuelzinho não poupa críticas ao governador e chama Mauro Carvalho de "bobo da corte"

“Sabe quando você vai numa festa de criança e vê aquele menininho mimadinho, mal educado, cheio de complexos, que vem pra cima querendo fazer algum tipo de ataque? O que você faz? Simplesmente ignora. É isso que estou fazendo. Tem que ignorar um pensamento tão medíocre como esse. A população está muito acima de pensamentos tão pequenos como esse”, disparou, durante entrevista à Rádio CBN Cuiabá, na manhã desta segunda-feira (19).

Carvalho voltou a apontar inexperiência do parlamentar que tem 26 anos. Avalia que o ataque mostra tal imaturidade. Classificando a postura como lamentável, pediu que o petebista foque em seguir os preceitos cristãos.

“Ele teve uma criação cristã. O que está fazendo ao próximo? Não o vi em nenhum posto de vacinação vendo o caos que é em Cuiabá. Tínhamos apenas um centro de vacinação e após provocação do governador Mauro e acordo com conciliação com Tribunal de Justiça, que se criou mais três postos”, declarou.

“Nunca o vi acompanhar o pronto-socorro. Poderia ter ido ver o problema da falta de medicamentos. Se ele quer realmente ajudar o próximo, ajude a prefeitura de Cuiabá a sair desse caos da vacinação e falta de medicamentos”, completou.

O secretário também pede que Emanuelzinho o esqueça, mas provoca, lembrando a disputa no ano passado pela prefeitura de Várzea Grande, em que o parlamentar ficou em 3º lugar, com 14.105 votos (12,78%).

“Se for para falar sobre bobo da corte, qual foi o papel que o deputado Emanuelzinho desempenhou na campanha a prefeito de Várzea Grande, ficando em 3º lugar, com 13% dos votos? Isso é ganancia política? Imaturidade política?”, questionou.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet