Olhar Direto

Domingo, 20 de junho de 2021

Notícias | Cidades

Ficha extensa

Garota de programa é agredida e roubada por motorista de aplicativo no 'Zero KM'; vítima temia ser desacreditada

Foto: Reprodução

imagem ilustrativa

imagem ilustrativa

Um homem que roubou e agrediu uma garota de programa, de 22 anos, na noite da última quarta-feira (22), na região do Zero Quilômetro, em Várzea Grande (região metropolitana de Cuiabá), foi preso por Policiais da Delegacia de Roubos e Furtos de Várzea Grande. O homem, que veio à cidade para trabalhar como motorista de aplicativo, tem uma ficha criminosa extensa. Ele estava a bordo de um Renault Kwid branco. Temendo ser desacreditada do fato pela sua profissão, a vítima reuniu provas antes de fazer a denúncia.

Leia mais:
Homem vai com mulher e quatro amigos em motel no Zero KM e ameaça funcionários com arma

A vítima procurou a delegacia e relatou aos policiais que é profissional do sexo e na noite anterior foi abordada na região do Zero Quilômetro, quando um homem  simulou ser cliente e a contratou para um programa.

Quando a vítima embarcou no veículo, o suspeito desviou o trajeto e entrou em uma viela de chão, próxima a um motel da região. A mulher o indagou se ele não era da cidade e o suspeito informou a ela que havia acabado de sair de uma unidade prisional, quando a mulher então se assustou.

Nesse momento, o suspeito encostou uma arma de fogo na vítima e anunciou o roubo, a ordenando que entregasse a bolsa e o celular e descesse do carro.

Após entregar seus pertences e dinheiro que tinha na bolsa, a vítima decidiu conseguir uma prova que demonstrasse o crime e seguiu até a delegacia, com imagens da placa do veículo.

Aos policiais, a mulher informou que decidiu buscar a delegacia para registrar a ocorrência somente com uma prova em mãos do que havia sofrido para que não fosse desacreditada e revitimizada em função do preconceito que existe com a atividade que ela exerce. 

Em posse das imagens, a equipe realizou diligências para identificar o suspeito e conseguiu prendê-lo ainda na noite de segunda-feira. No momento da abordagem, o suspeito conduzia o mesmo veículo com o qual abordou a vítima.

A equipe da Derf também conseguiu imagens de quando o veículo do suspeito entrou na cidade de Várzea Grande pela Rodovia Mário Andreazza. Ele alegou em depoimento que veio à cidade para trabalhar como motorista de corrida por aplicativo.

Em consultas aos sistemas policiais, os investigadores constataram que ele tem registros criminais pelas práticas de furto, ameaça, lesão corporal, injúria e expor a perigo a integridade e a saúde, física ou psíquica de idoso, bem como desviar bens de propriedade de pessoa idosa.

Após ser ouvido pela delegada Elaine Fernandes, o suspeito foi autuado em flagrante por roubo majorado por empego de arma de fogo. Depois dos procedimentos policiais, ele foi conduzido à unidade prisional do Capão Grande.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet