Olhar Direto

Sábado, 18 de setembro de 2021

Notícias | Cidades

Utilizaram como 1ª aplicação

Dois municípios de MT suspendem aplicação de segunda dose da Coronavac após seguirem recomendação de Pazuello

Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto

Dois municípios de MT suspendem aplicação de segunda dose da Coronavac após seguirem recomendação de Pazuello
Nesta semana, dois municípios de Mato Grosso suspenderam a aplicação da segunda dose da vacina contra a Covid-19 devido ao esgotamento do número de doses de imunizantes da Coronavac. Rondonópolis e Sinop, seguindo recomendação do Ministério da Saúde, então dirigido pelo general Eduardo Pazuello, utilizaram todas as vacinas que tinham do laboratório em aplicação de primeiras doses, contando com o envio de uma nova remessa, porém, esta, até o momento não chegou. 

Leia também:
Vacinômetro: Cem dias após início da imunização, Cuiabá alcança 14% da população com primeira dose contra a Covid-19

Em Rondonópolis, a informação foi divulgada na quarta-feira (28) pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS), que disse ter interrompido a aplicação das segundas doses em idosos. De acordo com informações da assessoria da cidade, da última remessa enviada na sexta-feira (23) ao estado pelo Ministério da Saúde, apenas 790 doses da Coronavac, que foram totalmente utilizadas para aplicação da segunda dose em idosos, foram distribuídas ao município.

O executivo municipal destacou ainda que o problema da falta de doses da Coronavac se trata de um problema que está sendo enfrentado a nível nacional e não apenas local. O próprio Ministério da Saúde havia emitido orientação aos municípios para que utilizassem todas as doses da Coronavac disponíveis em primeira dose, garantindo o envio das segundas doses nos prazos, conforme informou a prefeitura de Rondonópolis, porém, isso não ocorreu.

Sinop também foi outro município que, assim como Rondonópolis, interrompeu a aplicação de segundas doses da Coronavac por falta do imunizante. Em uma nota publicada nesta sexta-feira (30), a Secretaria de Saúde da cidade disse que aguarda o envio de uma nova remessa do imunizante para dar continuidade às aplicações. 

Apesar disso, o município disse que o esgotamento não trouxe grandes danos ao plano de vacinação que está em curso na cidade, uma vez que a vacinação de segunda dose contra a Covid-19 da Coronavac havia atendido quase todo o público alvo com data limite de aplicação até esta sexta-feira (30). O órgão disse ainda que a vacinação com o imunizante de Oxford/Astrazeneca, cujo intervalo de aplicação é de 12 semanas, continua sendo realizada sem interferência. (LEIA A NOTA AQUI)

Nesta quinta-feira (29), o municío de Barra do Garças também suspendeu a aplicação de segunda doses da vacina contra a Covid-19, conforme informou o portal G1. Devido a falta de doses da Coronavac, o município, assim como Rondonópolis e Sinop aguardam a chegada de uma nova remessa de imunizantes do laboratório. 

Vacinação em Rondonópolis

Até às 14h desta sexta-feira (30), Rondonópolis vacinou 31.540 pessoas com a 1ª dose de um das vacinas contra o novo coronavírus que foram distribuídas ao estado. Desse número, 11.674 receberam a 2ª dose. Ao todo, foram 43.214 doses administradas na cidade.

Em relação ao número de habitantes, a cobertura dos vacinados com a 1ª dose no município representa 13,36% da população. Quanto aos vacinados com as duas doses, o valor ainda está estacionado em 4,95%.

Vacinação em Sinop

Sinop vacinou 13.408 pessoas com a 1ª dose de um das vacinas contra o novo coronavírus que foram distribuídas ao estado. Desse número, 6.439 receberam a 2ª dose. Ao todo, foram 19.847 doses administradas na cidade.

Em relação ao número de habitantes, a cobertura dos vacinados com a 1ª dose no município representa 9,18% dos habitantes da cidade. Quanto aos vacinados com as duas doses, o valor ainda está estacionado em 4,41%.

Vacinação em Barra do Garças

Em Barra do Garças, 8.759 pessoas receberam a 1ª dose de um das vacinas contra o novo coronavírus que foram distribuídas ao estado. Desse número, 3.752 receberam a 2ª dose. Ao todo, foram 12.511 doses administradas na cidade.

Em relação ao número de habitantes, a cobertura dos vacinados com a 1ª dose no município representa 14,33% da população. Quanto aos vacinados com as duas doses, o valor ainda está estacionado em 6,14%, conforme dados tabulados pela reportagem (CLIQUE AQUI).
 
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet