Olhar Direto

Terça-feira, 22 de junho de 2021

Notícias | Política MT

DESTAQUE NACIONAL

Emanuel afirma receber pedidos de todo o país pela vacina; “poderia abraçar o Brasil, mas a segunda dose é dos cuiabanos”

08 Mai 2021 - 07:56

Da Redação - Airton Marques / Do Local - Max Aguiar

Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto

Emanuel afirma receber pedidos de todo o país pela vacina; “poderia abraçar o Brasil, mas a segunda dose é dos cuiabanos”
Garantindo não estar exagerando, o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) afirmou que por Cuiabá ter virado “referencia nacional” quanto a vacinação, pessoas de todo o país tem entrado em contato pedindo a possibilidade de tomar a segunda dose CoronaVac na Capital.

Leia também:
Vacinômetro: 12,9% da população de MT recebeu primeira dose contra Covid-19; município que mais aplicou chega em 40,7%

“Vocês não imaginam o número de pessoas que estão me ligando, de todos os cantos do estado e do Brasil, pedindo se não podem tomas a segunda dose em Cuiabá, pois está sabendo que aqui tem. Parece exagero, mas é a pura verdade. Poderia abraçar o Brasil, mas a segunda dose é dos cuiabanos”, disse, durante lançamento do projeto ‘Pra Frente Cuiabá’, nesta sexta-feira (07).

Poderia abraçar o Brasil, mas a segunda dose é dos cuiabanos
Cuiabá ganhou destaque nacional por não ser uma das capitais com atraso na aplicação da segunda dose. Isso se deve ao fato de o município não ter seguido orientação do Ministério da Saúde, que em março disse aos prefeitos aplicarem todas as doses que recebessem, garantindo que o governo federal iria enviar a tempo as doses para a segunda aplicação. Isso, no entanto, não aconteceu e em algumas cidades a vacinação foi suspensa.

Emanuel afirma que chegou a ser criticado por reservar a 2ª dose, sendo acusado de estar estocando imunizantes. Diz que ao tomar a primeira dose o cuiabano tem a segunda garantida, demonstrando seriedade da prefeitura com o programa municipal de imunização. Até esta sexta, 144.392 doses foram aplicadas na Capital, sendo 100.686 de 1ª dose (16,29% da população), e 43.706 de 2ª dose (7,07% da população).

Comentários no Facebook

Sitevip Internet