Olhar Direto

Sábado, 18 de setembro de 2021

Notícias | Meio Ambiente

COMBATE ÀS QUEIMADAS

Governo investe mais de R$ 73 mi no combate aos incêndios florestais e antecipa período proibitivo do fogo em áreas rurais

Foto: Rogério Florentino - Olhar Direto

Governo investe mais de R$ 73 mi no combate aos incêndios florestais e antecipa período proibitivo do fogo em áreas rurais
Governo de Mato Grosso decretou estado de emergência ambiental entre maio e novembro. O decreto nº 938/2021 prevê ainda período proibitivo de queimadas em zonas rurais por todo MT. Conforme assessoria divulgou, o governo também investiu, em 2021, R$ 73 milhões em prevenção e combate à incêndios e desmatamento ilegais. As medidas foram publicadas no Diário Oficial nesta quarta-feira (19).

Leia também: 
Ar seco predomina pelo país e deixa Mato Grosso em alerta para queimadas

A secretaria de comunicação informou que o decreto tem caráter preventivo, tendo em vista a alta possibilidade de incêndios florestais diante do período de estiagem que já se aproxima em todo país.

O decreto proibiu toda atividade de limpeza de pastagem com uso de fogo em áreas rurais. A data proibitiva fica entre o dia 1º de julho a 30 de outubro, de 2021. A pasta reforçou que as queimadas em área urbana são proibidas durante todo ano.
 
Além dos investimentos preventivos neste ano, o Governo também inaugurou unidade estratégica do Corpo de Bombeiros em Poconé. A unidade inclusive capacitou pessoas que vivem na região para auxiliarem no combate aos incêndios que atingem o bioma ano após ano.

A pasta informou também que contrato para aquisição de helicóptero exclusivo para o combate aos incêndios e ao desmatamento ilegal já foi assinado. Com recursos do Programa Mais MT, a pasta informou que a aeronave custará R$ 21,4 milhões. Monitoramento por satélite do panorama do território foi intensificado.

O Governo leva em consideração o monitoramento do Estado, que aponta o aumento de focos de calor a partir do mês de maio, com baixa quantidade de chuvas, e baixo nível de umidade relativa do ar - o que aumenta o risco de propagação de incêndios. Nos últimos anos, Mato Grosso tem figurado entre os primeiros estados em área atingida por incêndios no período de estiagem, e no ano passado, foi fortemente atingido pelo fogo na zona rural, principalmente no Pantanal mato-grossense.
 
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet