Olhar Direto

Domingo, 26 de setembro de 2021

Notícias | Política MT

​EVITAR TRAGÉDIA

Governo emprega maior recurso dos últimos 10 anos para prevenir e combater queimadas em MT

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Governo emprega maior recurso dos últimos 10 anos para prevenir e combater queimadas em MT
A secretária de Estado de Meio Ambiente, Mauren Lazzaretti, afirmou que neste ano de 2021 a Sema recebeu o maior recurso dos últimos dez anos para ações de combate e prevenção às queimadas em Mato Grosso. Segundo ela a intenção é evitar que a tragédia das queimadas, que ocorreram no ano passado no Estado, não se repita neste ano.
 
Leia mais:
Casos de Covid-19 voltam a subir e cidade retoma toque de recolher
 
A tragédia das queimadas no Pantanal e no Cerrado em Mato Grosso, no ano de 2020, deixou o Estado sob olhos atentos. O mesmo cenário, no entanto, não deve se repetir neste ano, pois de acordo com a secretária Mauren Lazzaretti várias ações já estão sendo feitas para prevenir as queimadas. Segundo ela a Sema está com o maio recurso dos últimos dez anos empregado nestas ações, além de contar com suporte de entidades federais, do Ministério Público Federal e do Ministério Público Estadual.
 
“O Estado está bastante articulado e preparado para dar resposta de forma diferente do que nós vivemos ano passado”, garantiu a secretária.
 
Mauren disse que várias medidas já foram tomadas para reparar os danos causados pelas queimadas. Ela afirmou que foi feito um trabalho intenso com os produtores da região e já estão sendo iniciados os trabalhos de preparação para o enfrentamento neste ano.
 
“Em dezembro nós fechamos o decreto de limpeza, a partir de janeiro começamos a autorizar a limpeza. Temos trabalhado intensamente nas ações preventivas, fizemos o trabalho na Baía de Chacororé, trocamos cinco pontes na Transpantaneira, iniciamos neste mês de maio as notificações e na próxima quinzena vamos iniciar a limpeza da Transpantaneira, assim como já estamos fazendo aceiros no entorno do parque Encontro das Águas, e vamos para a segunda semana de junho fazer essa ação de queimada preventiva, então muitas ações do Governo já foram feitas, já perfuramos um poço tubular na região da Transpantaneira, já preparando para o enfrentamento deste ano”.
 
A secretária esclareceu que a partir do dia 1º de julho está proibido o uso de fogo nas áreas rurais. No período anterior à proibição serão feitas queimadas prescritas, aquelas com autorização, e outras ações dentro de unidades de conservação, preparando a região para evitar que grandes incêndios aconteçam.

Também foram intensificadas outras ações preventivas, como capacitação de brigadistas e dos produtores rurais, que receberão gratuitamente abafadores ecológicos, no intuito de dar suporte àquela primeira ação de combate, que pode ser exercida pela população.
 
“Teremos ações para todo o estado de Mato Grosso, evidentemente que, acompanhando os índices de climatologia, nós estamos concentrando esforços na baixada, no cerrado e pantanal, que é onde teve o menor índice pluviométrico e por isso está suscetível a maior incidência de fogos e queimadas”, explicou a secretária.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet