Olhar Direto

Quarta-feira, 23 de junho de 2021

Notícias | Esportes

Caso aconteça no BR

Proximidade com Brasília coloca Cuiabá como favorita para ser uma das sedes da Copa América

Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto

Proximidade com Brasília coloca Cuiabá como favorita para ser uma das sedes da Copa América
A proximidade com Brasília (DF) coloca Cuiabá como a favorita para receber jogos da Copa América de 2021, que deverá ser realizada no Brasil. Além disto, o fato de a capital mato-grossense contar com um estádio de Copa do Mundo, a deixa a frente inclusive de Goiânia (GO). Apesar de a Conmenbol ter confirmado a transferência da competição para o país, o governo federal deu um passo atrás e disse que ela só acontecerá se uma série de quesitos forem seguidos. O martelo deve ser batido neste terça-feira (1º).

Leia mais:
Arena Pantanal pode ser uma das sedes da Copa América em junho; governador ligou para CBF

Olhar Direto apurou que a intenção da Conmenbol é colocar sedes de um mesmo grupo próximas uma das outras, na intenção de diminuir o deslocamento das seleções e suas comissões técnicas.

Brasília é a única sede cravada até o momento para a realização do evento. Sendo assim, o casamento perfeito com a capital federal seria Cuiabá, que fica a aproximadamente uma hora e meia de voo. Conta a favor também o fato de que a Arena Pantanal é um estádio que já foi utlizado na Copa do Mundo de 2014 e é considerado o melhor da região e mais bem estruturado para receber uma competição deste nível.

A distância inclusive foi um dos fatores para praticamente ser descartada a presença de Manaus (AM) como uma das sedes. 

Impasse

O ministro da Casa Civil, Luiz Eduardo Ramos, afirmou nesta segunda-feira (31) que ainda não há confirmação de que o Brasil sediará a edição deste ano da Copa América.

O anúncio de que o Brasil foi escolhido como sede da competição foi feito mais cedo, nesta segunda, pela Conmebol, que chegou a agradecer o presidente Jair Bolsonaro (sem partido). O martelo deve ser batido nesta terça-feira.

Ainda de acordo com Ramos, o governo colocou as seguintes condições para sediar a competição:
  • Não haverá público nos jogos;
  • Serão permitidas até 65 pessoas por delegação;
  • Todos os integrantes das delegações deverão estar vacinados.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet