Olhar Direto

Segunda-feira, 02 de agosto de 2021

Notícias | Política MT

AÇÃO DE GUERRA

Em plano B, Emanuel pede a Bolsonaro que Ministério da Saúde envie 290 mil doses da Janssen para Cuiabá

Foto: Reprodução

Em plano B, Emanuel pede a Bolsonaro que Ministério da Saúde envie 290 mil doses da Janssen para Cuiabá
O prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) disse que apresentou um plano B para o presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido) para que a popualção cuiabana seja vacinada com mais rapidez. A visista aconteceu na terça-feira (8), acompanhado do deputado federal Emanuelzinho (PTB). Ficou agendado para a sexta-feira (11) a resposta sobre a quantidade de doses que virão para a capital e se o ministro vem lançá-las em evento na capital de Mato Grosso. 

Leia mais:
Governo Bolsonaro confirma envio de doses extras de vacina a Cuiabá em contrapartida à realização da Copa América

Segundo o prefeito, em entrevista à Rádio Jovem Pan, nesta quinta-feira (10), se acaso a capital não for contemplada com primeiras e segundas doses da Coronavac, Pfizer ou Aztrazeneca, o que nesse total seria ideal mais de 647 mil doses, o Ministério da Saúde poderia enviar 290 mil doses da vacina Janssen que todos os moradores da capital estariam imunizados contra a Covid-19. 

O Brasil deve receber nos próximos dias dos Estados Unidos um primeiro lote de 3 milhões de doses de vacina contra Covid-19 da Janssen, fabricada pela multinacional Johnson & Johnson, com data de validade de 27 de junho. Por conta desse período estar próximo, Emanuel sugeriu que essa quantidade de 290 doses sejam disponibilizadas para Cuiabá. Vale ressaltar que a Janssen necessita apenas de uma aplicação e não duas como as outras imunizantes. 

"Para atender toda a população e compensar o povo de Cuiabá eu pedi 647 mil vacinas e se for vacinas Janssen com vencimento rápido, eu pedi que seja encaminhado 290 mil doses que toda população será vacinada. Se tivesse dificuldade em Coronavac, Aztrazeneca e Pfizer, eu pedi que ele mandasse Janssen e mande 290 mil doses . Com esse número ele imuniza um bairro de SP e do RIO. Cuiabá terá reconhecimento eterno. Se o presidente mandar 290 mil doses não dá nem 1% de todo lote que vai chegar", comentou o prefeito.

Ainda na Jovem Pan o prefeito disse que se o pedido for atendido, ele promove uma ação de guerra, com força tarefa para imunizar rapidamente todo o público cuiabano. "640 mil doses entre primeira e segunda dose, resolvem também. Mas, se ele manda as 290 resolve o problema de uma só vez. Se ele mandar toda essa vacina eu promovo uma ação de guerra, uma força tarefa. Em três ou quatro semanas toda população cuiabana será imunizada", completou.

Emanuel também disse que ficou a cargo do deputado federal Emanuelzinho trazer o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, vir a Cuiabá, lançar a vacinação da Janses e entregar as doses extras do imunizante. "Ficou do ministro Queiroga agendar com Emanuelzinho vir a Cuiabá para lançar a entrega de vacinas e até dia11, ou seja amanhã, virá a resposta sobre como vai ser feito essa entrega e se ele vem", concluiu.  


 

Comentários no Facebook

Sitevip Internet