Olhar Direto

Quinta-feira, 09 de dezembro de 2021

Notícias | Política MT

Senado 2022

Neri reafirma candidatura e diz que conversará com Pivetta e Cidinho no momento certo: “não recuei um milímetro”

11 Jun 2021 - 11:13

Da Redação - Isabela Mercuri / Do local - Max Aguiar

Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto

Neri reafirma candidatura e diz que conversará com Pivetta e Cidinho no momento certo: “não recuei um milímetro”
O deputado federal Neri Geller (PP) reafirmou sua pré-candidatura ao Senado em 2022, mesmo com a aproximação do ex-senador Cidinho Santos (DEM) ao governador Mauro Mendes (DEM) e da possibilidade de candidatura do vice-governador Otaviano Pivetta. Geller afirmou que não se pode escolher adversários, mas que como os outros dois são de seu grupo político, eles irão conversar “no momento certo”. “Não recuei um milímetro”, declarou o parlamentar na última quinta-feira (10).

Leia também:
Neri lembra ter sido contra impeachment de Dilma e diz não haver espaço para afastar Bolsonaro: 'temos mais o que fazer'

“Eu sempre falei muito claro que eu sou pré-candidato porque foi fechado dentro do partido, dentro do arco de aliança que apoiou Carlos Fávaro, tanto o senador Carlos Fávaro quanto o ministro Blairo Maggi, eles que me chamaram, me estimularam, e eu também sempre disse que se isso acontecer vai ser pela força do trabalho e que adversário a gente não escolhe, mas vou trabalhar para ser candidato no grupo do Mauro”, afirmou Geller.

A pré-candidatura do progressista já foi anunciada por ele próprio há algum tempo. Nesta semana, no entanto, Cidinho Santos se aproximou do PSL, partido que também está caminhando junto a Mauro Mendes. O governador, inclusive, nomeou o presidente estadual do PSL, Aécio Rodrigues, como chefe do escritório do Governo do Estado em Brasília.

Além da possibilidade de Cidinho ser o candidato do grupo de Mauro ao Senado, há ainda a conversa de que o vice-governador, Otaviano Pivetta, atualmente sem partido, também gostaria de disputar a eleição majoritária.
“Tanto o Cidinho quanto o vice-governador Otaviano Pivetta são do mesmo grupo político, nós vamos sentar no momento certo. Não recuei um milímetro, não recuei com eles e não vou ser agressivo, pelo contrário. Reconheço a liderança do Otaviano Pivetta, que foi prefeito da minha cidade, mesmo eu tendo sido oposição sempre reconheci que ele fez um bom trabalho, não deixei de reconhecer isso, e o momento vai dizer quem vai estar mais preparado. Eu estou trabalhando a base, estou fazendo a minha parte. Se é para ser, vou ser pela força do trabalho, dentro de um grupo de apoio que seja consistente para ir para uma eleição para ganhar. Estou muito confiante”, completou.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet