Olhar Direto

Quinta-feira, 26 de maio de 2022

Notícias | Política MT

Modelo híbrido

Em reunião com diretores, secretário vê escolas prontas para retorno das aulas em agosto

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Em reunião com diretores, secretário vê escolas prontas para retorno das aulas em agosto
O secretário de Estado de Educação, Alan Porto, se reuniu na quinta-feira (24) com os adjuntos da Pasta e diretores das 68 escolas estaduais de Cuiabá e as 44 de Várzea Grande para debater diversos pontos relativos à área. Porém, o foco principal foi o retorno das aulas na modalidade híbrida na rede estadual de ensino, previsto para o dia 3 de agosto. Para o gestor, praticamente todas unidades estão aptas a receber os alunos novamente.

Leia mais:
Estudantes de MT terão aulas para o Enem e concurso de redação na TV Assembléia

A edição especial da Prosa da Educação foi realizada na Escola Estadual Liceu Cuiabano e, para garantir o distanciamento, as escolas foram divididas em dois grupos, com reuniões pela manhã e à tarde.

Diretor Regional de Educação de Cuiabá, Ezemar Mourão da Silva afirma que em agosto todas as escolas da Capital estarão prontas para receber os alunos com segurança. Algumas unidades ainda têm alguns ajustes para serem feitos. O secretário Alan Porto garantiu que será liberada verba adicional em todos os casos que necessitarem.

Diretor da Escola Estadual Liceu Cuiabano, Thiago Bladrighi ressalta que neste momento de pandemia, estão todos aprendendo dia após dia, já que tudo é novidade. “Mas na hora em que retomarmos no sistema híbrido a escola estará pronta para receber com segurança nossos profissionais, alunos e a comunidade em geral”.

O secretário Alan Porto destacou que a vacinação dos profissionais de educação está avançando após o governo garantir 20% de todas as doses que chegam para este público.

“Próximo passo é retomar aulas na atividade híbrida, após o recesso escolar. Estamos conversando com todos os diretores, tirando todas as dúvidas sobre o protocolo de biossegurança, o plano de contingência, o preparo das escolas. Os diretores têm feito a parte deles, a aquisição dos itens necessários e preparando as escolas para receber nossos alunos com segurança” enfatizou Alan Porto.

Mais recursos para escolas

Durante a Prosa na Educação, foi reforçado aos diretores que todos podem solicitar, duas vezes ao ano, o recurso descentralizado que era de R$ 33 mil e neste mês passou para R$ 100 mil. Estes recursos podem ser utilizados em pequenas intervenções, como nas chamadas áreas úmidas – banheiros e cozinhas.

Além disso, o governo do Estado também aumentou este mês o repasse direto para as escolas, por meio do Plano de Desenvolvimento Escolar (PDE). O reajuste foi de 47% e, além disso, será repassado mais R$ 18 por aluno. Este recurso é destinado à manutenção da escola, como compra de materiais de limpeza, pagamentos de contas de luz, água e telefone, entre outros.

“Sei de todos os desafios enfrentado. Nunca trabalhamos tanto para planejar aulas, dar aulas online, fazer reunião com professores. Mas com estes desafios veio a experiência e agora é dar um grande passo para recuperar a aprendizagem de nossos estudantes”, finalizou o secretário.

Nesta quinta-feira, o encontro foi com os diretores das escolas estaduais de Várzea Grande, na Escola José Leite de Moraes, no bairro Cristo Rei.

Correção

O diretor da Escola Estadual Dom José do Despraiado, Sizernandes Freire de Oliveira, foi citado na matéria, relatando que faltava apenas a limpeza dos ares-condicionados e caixas d’água para cumprir todas as determinações de biossegurança. A Seduc corrigiu a informação divulgada por ela, esclareceu que estas declarações não foram do diretor e pediu desculpas pelo erro.

Corrigida às 09h15 do dia 26/06/2021
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet