Olhar Direto

Segunda-feira, 27 de setembro de 2021

Notícias | Cidades

Serial Killer é procurado

Mato-grossense é sequestrado, espancado e demora a conseguir ajuda ao ser confundido com Lázaro em MS; vídeo

Foto: Kísie Ainoã

Mato-grossense é sequestrado, espancado e demora a conseguir ajuda ao ser confundido com Lázaro em MS;  vídeo
Um mato-grossense, que não teve o nome divulgado, foi sequestrado, espancado e demorou a conseguir ajuda, após ser abandonado na BR-262, em Campo Grande (MS), e confundido com o serial killer, Lázaro Barbosa, que está sendo caçado em Goiás. Bastante machucado, ele foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros.

Leia mais:
Cantor de Mato Grosso confundido com Lázaro faz apelo nas redes sociais; veja vídeo

O mato-grossense, que é natural de Barra do Garças (520 quilômetros de Cuiabá), disse que foi sequestrado no bairro Tiradentes, por volta de meio-dia de quinta-feira (24), por quatro homens encapuzados. Ele foi espancado em uma região de mata e depois deixado na estrada, por onde andou cerca de três horas.

O homem andou por alguns quilômetros, até parar próximo a uma fazenda. Ele tinha lesões na cabeça, tórax e na pelvis. Pessoas que passavam pela rodovia viram o mato-grossense, mas o confundiram com o serial killer Lázaro e acioanaram a Polícia Militar.

Mesmo sem acreditar que era o serial killer, os policiais acionaram os bombeiros e seguiram até o local. Chegando lá, confirmaram que não se tratava de Lázaro. 

O mato-grossense tem passagens por tráfico e pode ter sido vítima de um 'salve'. Em maio do ano passado, ele foi preso em flagrante por assaltar uma chefe de cozinha que voltava a pé do trabalho para casa. 

Nunca foi condenado por crimes e nem tem outras passagens pela polícia, em Mato Grosso do Sul e no Mato Grosso, conforme busca anexada a processo aberto contra ele na 5ª Vara Criminal de Campo Grande pelo roubo em 2020.

As buscas pelo homem apontado com autor de cinco assassinatos entraram no 17º dia. Estão mobilizados pelo menos 200 homens, que trabalham com a ajuda de cães farejadores, helicópteros e drones.

Além de ser apontado como o autor de um quádruplo latrocínio em Ceilândia, no DF, e um quinto em Goiás, Lázaro Barbosa é considerado criminoso de alta periculosidade, suspeito ainda de balear outras três pessoas no dia 12, sábado retrasado.

Ele já tem condenação por homicídio, na Bahia, além de ser procurado no Distrito Federal e em Goiás por crimes de roubo, estupro e porte ilegal de arma de fogo. (Com informações do Campo Grande News e Mídia Max)


 
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet