Olhar Direto

Domingo, 22 de maio de 2022

Notícias | Política MT

Mesmo ainda com pandemia

Ministro afirma que Copa América em MT foi sucesso e demonstra capacidade de retomar atividades

09 Jul 2021 - 17:40

Da Redação - Wesley Santiago/Do Local - Max Aguiar

Foto: Rogério Florentino

Ministro afirma que Copa América em MT foi sucesso e demonstra capacidade de retomar atividades
A realização da Copa América em Mato Grosso e outros três estados do país foi considerada um sucesso pelo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, que desembarcou nesta sexta-feira (09), em Cuiabá, para cumprir uma série de agendas. Ele explica que os números durante a competição reduziram e que isto demonstrou a capacidade do Brasil em retomar suas atividades, mesmo com a pandemia ainda não controlada: “As pessoas precisam trabalhar e ter renda”.

Leia mais:
Ao desembarcar no aeroporto, Queiroga volta a negar promessa de doses extras para a Capital; veja chegada
 
Durante entrevista coletiva, o ministro pontuou que o temor de que a Copa América descontrolasse a pandemia no país não se confirmou. “O Estado de Mato Grosso, com muita coragem, o prefeito Emanuel Pinheiro nos apoiou e aceitou sediar os jogos aqui. Houve piora no cenário epidemiológico? Não, pois temos a capacidade de fazer o monitoramento adequado dos casos.
 
“Reduziu o número de óbitos e ampliou nossa capacidade de vacinação, então isso atesta a nossa capacidade de promover o retorno das atividades sem comprometer o quadro sanitário, abrindo a economia do país, pois as pessoas precisam trabalhar e ter renda. Em breve todos sem máscara”, acrescentou o ministro.
 
Chama atenção na fala do ministro o fato dele citar o prefeito Emanuel Pinheiro, dizendo que o gestor da capital mato-grossense concordou com a realização dos jogos em Cuiabá. Tal fato foi negado veementemente desde antes do início da competição pelo emedebista, que chegou a pleitear o envio de doses extras para a cidade como forma de compensação.
 
Um levantamento da CNN com base em dados do Ministério da Saúde aponta que a Copa América no Brasil registrou por dia pelo menos sete casos positivos para o novo coronavírus. A final do campeonato está marcara para acontecer no dia 10 de julho, no Rio de Janeiro (RJ). A cidade autorizou público, com 10% da capacidade do estádio.
 
A competição sul-americana tem, até a noite desta sexta-feira (2), 154 infectados pela Covid-19. A lista inclui 36 jogadores e 116 membros das delegações, prestadores de serviços terceirizados e dois funcionários da Conmebol.
 
As contaminações foram confirmadas em todas as sedes: Brasília (DF), Cuiabá (MT), Goiânia (GO) e Rio de Janeiro (RJ). Na capital mato-grossense, membros de uma delegação tiveram que ficar isolados em um quarto de hotel por conta da infecção.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet