Olhar Direto

Quarta-feira, 08 de dezembro de 2021

Notícias | Política MT

INFRAESTRUTURA

Governador reúne bancada federal e alinha cobranças que serão feitas a ministro da Infraestrutura; BRs 174 e 163 serão foco

16 Jul 2021 - 11:30

Do Local - Airton Marques / Da Redação - Max Aguiar

Foto: Mayke Toscano/Secom-MT

Governador reúne bancada federal e alinha cobranças que serão feitas a ministro da Infraestrutura; BRs 174 e 163 serão foco
O governador Mauro Mendes (DEM), convocou em caráter de urgência uma reunião com toda bancada federal de Mato Grosso para alinhar algumas pautas que serão tratadas nesta sexta e sábado (16 e 17) com o ministro Tarcísio Gomes de Freitas, da Infraestrutura, que fará agenda em Cuiabá. 

Leia mais:
Seis deputados de Mato Grosso votam pelo aumento do Fundo Eleitoral; valor quase triplica se comparado com 2018

Na saída da reunião, que aconteceu desde às 08h30 no Palácio Paiaguás, o coordenador geral da bancada, deputado federal Dr Leonardo Albuquerque (SD), disse que as principais tratativas com o governador foram sobre o governador federal dar mais atenção ao estado de Mato Grosso.

Desde a primeira reunião, a reclamação geral era de que Bolsonaro e seus ministros não constroem e nem colocam o estado no radar de obras da União, mesmo Mato Grosso sendo um dos estados que mais contribui com o PIB nacional.

Na visão de Leonardo, o presidente precisa agir imediatamente e com pulso firme para retirada da Rota do Oeste da concessão da BR-163 e ainda devolver a BR 174 (entre Castanheira e Colniza) para os cuidados de MT, sob promessa de investimento de dinheiro de emenda federal para conclusão dos mais de 300km de asfalto que restam na região. 

"O governador nos chamou para alinhar algumas pautas que vamos tratar com o ministro hoje durante a visita. Entre elas a principal está a devolução da rodovia BR-174 para Mato Grosso e resolver o problema da rodovia BR 163. Temos que  que fazer a cobrança para que o governo melhore a relação onde tem tenha praça pedagiada, mudar a realidade que hoje é só de tapar buraco e roçar beira de estrada. Na 174, a possibilidade do governo assumir é grande e se acaso isso acontecer, a bancada se propõe em colocar emenda anualmente", disse o coordenador. 

O deputado Neri Geller (Progressistas), confirmou que o principal pedido é sobre a questão da devolução da 174, pois a população que mora em torno dos mais de 300km sofre sem que a União não resolva o problema da região. 

Apesar da bancada estar alinhada com o governo Bolsonaro, Neri também é a favor que o estado cobre. E essa decisão está unânime entre os participantes e nisso o governador irá cobrar. Além disso, as outras rodovias também estão no radar para ser debatido com o ministro Tarcísio. 

"A agenda de hoje é para dar sequência das cobranças ao ministro Tarcísio, por isso foi chamado para fazer o alinhamento. A bancada foi unânime, a 174 que é muito importante para que ela volte ao estado e o estado fará a obra. A outra questão é da necessidade de uma solução na BR-163. Ou tira da Rota do Oeste ou faz um contrato de cura. Temos que debater também sobre a 158, 242, 174 e 163", concluiu Neri.

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Max Russi (PSB), também esteve na reunião e avaliou como produtiva. Disse, inclusive, que se a rodovia BR-174 ser devolvida para os cuidados de Mato Grosso, a Assembleia Legislativa irá ajudar com projetos para acelerar as obras do local. 

"Manhã produtiva, falamos da BR- 174 uma pauta que precisa avançar. O governo do estado junto com a bancada federal com recurso também da Assembleia, assumir a obra lá para que possa se fazer nos próximos três anos. Também discutimos a 163 de Cuiabá a Sinop. O ministro vai estar aqui e não pode continuar da forma que está. Está cobrando pedágio, não oferece condições e nós precisamos, de forma urgente, fazer alguma obra para segurança e praticidade para quem usa muito esse trecho diariamente", concluiu o parlamentar. 
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet