Olhar Direto

Quarta-feira, 19 de janeiro de 2022

Notícias | Política MT

TRILHOS NA CAPITAL

Emanuel lança manifesto de apoio a ferrovia estadual em Mato Grosso

20 Jul 2021 - 16:01

Da Redação - Airton Marques / Do Local - Max Aguiar

Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto

Emanuel lança manifesto de apoio a ferrovia estadual em Mato Grosso
Um dia após lançamento do edital para a construção da primeira ferrovia estadual em Mato Grosso, o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) aproveitou o fato de ser presidente do Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento Econômico e Social do Vale do Rio Cuiabá, para liderar movimento de apoio à implantação do modal, que terá um terminal em Cuiabá.

Leia também:
Terminal de ferrovia estadual deverá ser construído na região do Distrito Industrial, afirma Vuolo

Durante reunião pública nesta terça-feira (20), o emedebista e outros membros do grupo assinaram manifesto de apoio à Lei Estadual 685/2021, aprovada no início do ano pela Assembleia Legislativa (ALMT), na qual permitiu que o estado adotasse modalidade de outorga para conceder à iniciativa privada trechos dentro do seu limite geográfico, tanto para transporte de carga quanto de passageiros.

Contando com o apoio do Fórum Pró-Ferrovia em Cuiabá, que tem como presidente o secretário municipal de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico, Francisco Vuolo, o manifesto tem como objetivo fortalecer a luta pela implantação a infraestrutura ferroviária na Capital. O documento será encaminhado ao ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Oliveira, para evitar evetual retaliação por parte do governo federal, já que o ministro teria dito que poderia cassar a autorização dada pelo Ibama para que o modal pudesse ser licenciado pela Secretaria Estadual de Meio Ambiente (Sema).

Emanuel, ao enaltecer a legislação estadual e a iniciativa do governador Mauro Mendes (DEM) em lançar o edital, Emanuel também ressaltou a luta do senador falecido Vicente Vuolo, que encampou a implantação dos trilhos.

“Essa é uma luta de 40, 50 anos. Esses debates por meio do Movimento Pró-ferrovia nunca deixou de existir. O secretario Vuolo, inclusive, saiu da pasta da Cultura para pasta de Agricultura para lhe dar mais autoridade e legitimidade e continuar a luta da família, a luta do senador, a luta de Cuiabá para que o traçado da ferrovia incluísse a Capital. Então, tudo isso já vem sendo desenhado e essa luta não é de agora. Agora está sendo mais uma geração de autoridades, de instituições e de segmentos representativos da sociedade que participam e dão sua contribuição para que este sonho se realize e para que Cuiabá lidere esse processo,  preparando Mato Grosso a um boom desenvolvimentista”, declarou.

O manifesto ainda conta com o apoio de deputados federais, como Emanuelzinho (PTB), e dos três senadores Wellington Fagundes (PL), Jayme Campos (DEM) e Carlos Fávaro (PSD).

No entendimento de Emanuel, a Lei 685/2021 representa uma oportunidade histórica. “Uma oportunidade na legislação permitiu que mesmo sendo um traçado federal, o estado - maior interessado, assim como a Capital - pudesse fazer a licitação e adiantar esse processo”.

Apesar do edital já lançado, Emanuel afirma que os debates sobre o traçado da ferrovia ainda continuarão, o que mantém a expectativa de Cuiabá não ser apenas um ramal do modal.

Ferrovia

A ferrovia estadual é uma obra pioneira e histórica para o estado e vai interligar Cuiabá a Rondonópolis, bem como Rondonópolis com Nova Mutum e Lucas do Rio Verde, além de se conectar com a malha ferroviária nacional.

A Rumo, responsável pela concessão da ferrovia federal que liga Rondonópolis até o Porto de Santos (SP), já demonstrou interesse no projeto, que envolve um trajeto de cerca de 730 quilômetros.

Envolvendo investimentos de R$ 12 bilhões, o projeto tem previsão de ser concluído em sete anos, sendo que o início das obras deve ocorrer em até seis meses, após a licença ambiental de instalação; a conclusão do Terminal de Cuiabá está prevista para até o segundo semestre de 2025; já o Terminal de Lucas do Rio Verde deve ficar pronto até o segundo semestre de 2028.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet