Olhar Direto

Sexta-feira, 17 de setembro de 2021

Notícias | Política BR

EM BRASÍLIA

Mauro confirma reunião com Bolsonaro na próxima semana e refuta rumores de estranhamento com presidente

Foto: Tchélo Figueiredo - SECOM/MT

Mauro confirma reunião com Bolsonaro na próxima semana e refuta rumores de estranhamento com presidente
O governador Mauro Mendes (DEM) confirmou que na próxima terça-feira (27) se reunirá com o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e com a bancada federal de Mato Grosso, em Brasília, para tratar de assuntos ligados a logística e estadualização da BR-174.

Leia também:
Mauro lança programa de incentivo com prêmios para municípios que mais vacinarem: ‘estimulo aos prefeitos’

“Nos vamos falar sobre a 174, uma importante região de Mato Grosso que está abandonada. Nós queremos fazer essa rodovia e existe um pleito do governo para que seja devolvida ao estado. Nós estamos construindo essa questão para que isso aconteça", disse.

Em conversa com a imprensa nesta quarta-feira (21), o democrata negou que haja qualquer atrito com o presidente e que nunca ouviu falar que Bolsonaro está dificultando suas agendas com ele, principalmente porque assinou algumas cartas que pediam investimentos e cobravam ações do Planalto durante o início da pandemia.

"Não sei se o presidente falou isso. Eu acredito que não! Mas,alguém aqui leu essa carta? Em algum momento fala algo contra o governo federal? Em algum momento tem alguma crítica ao governo federal? A carta que eu assinei é sobre o meio ambiente e fala claramente em defesa do meio ambiente”, disse.

Refutanto qualquer estranhamento com o presidente, Mauro reclamou das distorções muitas vezes vistas no meio político. “O problema é que algumas pessoas escutam dizer as coisas e toma aquilo como verdade. Nessa não tem crítica a partido A ou B, presidente, governador, parlamento. É uma carta enviada aos EUA, ao presidente Joe Biden que fala de meio ambiente e daquilo que até o presidente defende. Como governador, não posso ficar me pronunciando por algo que alguém falou e eu nem sei se é verdade”.

A agenda com o presidente foi marcada pelo senador Jayme Campos (DEM) e será acompanhada pelos outros senadores. Em seguida, o presidente também se reúne com a bancada para tratar de outros assuntos como ferrovia, vacina e obras para o estado.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet