Olhar Direto

Domingo, 19 de setembro de 2021

Notícias | Cidades

Jogada em rio

Motorista de aplicativo se finge de morta para não ser executada por criminosos durante assalto

Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto

Motorista de aplicativo se finge de morta para não ser executada por criminosos durante assalto
Na madrugada deste sábado (24) uma motorista de aplicativo foi vítima de um assalto durante uma corrida, no município de Tangará da Serra (252 km de Cuiabá). Ao todo quatro homens participaram da ação criminosa e chegaram a tentar executar a motorista, que se fingiu de morta para conseguir escapar dos acusados. Até o momento a polícia conseguiu recuperar o veículo roubado e prendeu dois dos quatro homens. 

Leia mais: 
Criança morta pelo pai por chorar foi torturada por um longo período e vomitou após golpe no tórax

De acordo com a Polícia Militar, o crime aconteceu por volta das 1h da madrugada, quando a motorista aceitou uma corrida no bairro Barcelona. Assim que a motorista parou o carro no local indicado, os quatro homens entraram no veículo simulando uma conversa de que estariam indo para uma festa. Pouco tempo depois, anunciaram o assalto e dominaram a vítima, usando uma arma de fogo para tirá-la do volante. 

Após assumirem a condução do carro, os homens seguiram sentido MT-480. Durante todo o trajeto, a mulher foi espancada com socos no rosto e enforcamento. Ainda de acordo com a PM, ao chegarem na ponte do Rio Sepotuba, os acusados jogaram a vítima no rio, por acharem que ela já estava morta. Em contato com a motorista, ela relatou que simulou um desmaio para resguardar sua vida. 

Após ser jogada no rio, a mulher esperou os homens fugirem e saiu em busca de ajuda. Após caminhar alguns metros, acabou encontrando um sítio na região e conseguiu acionar a polícia. Em posse das informações, equipes da PM se deslocaram até o local e iniciaram as buscas pelos acusados. 

Primeiro, os policiais foram até o local onde a motorista buscou os quatro homens e constataram que a residência foi usada apenas como fachada. Já na manhã deste sábado (24) os policiais conseguiram localizar e prender dois dos acusados durante um cerco policial. 

De acordo com o Major Henrique, do 19º Batalhão da PM, um dos homens possuía um mandado de prisão em aberto, emitido pela comarca de Peixoto de Azevedo (672 km de Cuiabá), pelo crime de tráfico de drogas. Além dos dois homens presos, também foi localizado o veículo roubado e outros pertences da vítima. 

A vítima foi encaminhada para uma unidade de saúde da região com suspeitas de fratura no maxilar. Até o momento não há informações atualizadas sobre o estado de saúde da motorista. 
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet