Olhar Direto

Sábado, 18 de setembro de 2021

Notícias | Picante

​Uma coisa por vez

Ao anunciar aulas híbridas, Mendes não fala em penalização por possíveis faltas de educadores

Foto: Tchélo Figueiredo - SECOM/MT

​Uma coisa por vez
O governador Mauro Mendes (DEM) anunciou na manhã desta segunda-feira (26) o plano para a retomada das aulas, em sistema híbrido, diante da queda dos números da pandemia. O tema carrega grande polêmica: parte dos profissionais da educação só quer retomar o trabalho em sala de aula quando todos estiverem vacinados com a segunda dose, o que era garantido por lei. Acontece que o TJ derrubou esse dispositivo e o Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de MT convocou uma assembleia para decidir se a categoria irá voltar ou não. Cauteloso, o governador preferiu não polemizar e não confirmou penalidades como o corte de pontos, por exemplo, para os que eventualmente não reaparecerem no trabalho. “Gosto de pronunciar sobre fatos e dados concretos. Não sobre o que pode fazer. Temos segurança que a grande maioria dos profissionais quer voltar. Se alguém não voltar, por algum motivo, vamos avaliar e tomar as medidas de acordo com a legislação”.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Mais Picantes

Comentários no Facebook

Sitevip Internet