Olhar Direto

Sábado, 18 de setembro de 2021

Notícias | Política MT

INFRAESTRUTURA PARA TODO ESTADO

Governador desmente fakenews sobre ponte do Rio das Mortes e garante conclusão da obra até março de 2022

Foto: Marcos Vergueiro/Secom-MT

Governador desmente fakenews sobre ponte do Rio das Mortes e garante conclusão da obra até março de 2022
O governador Mauro Mendes (DEM) disse nesta segunda-feira (26) que a construção da ponte do Rio das Mortes, entre Cocalinho e Nova Nazaré, no Vale do Araguaia, é uma obra que usa 100% de recursos públicos. Além disso, Mauro aproveitou a oportunidade para desmentir um boato de que parte da obra era financiada com dinheiro do Governo Federal. 

Leia mais:
Ainda na liderança, Dilmar passa cinco horas no Palácio Paiaguás, faz reunião na Casa Civil e evita imprensa na saída

"O que chamou nossa atenção é que em vários grupos de WhatsApp algumas pessoas pegaram a ponte, fizeram foto e falaram que era obra do Governo Federal. Mentira. Essa ponte é uma obra 100% com dinheiro do estado de Mato Grosso. Até o final do ano que vem vamos concluir mais de 200 pontes e até março a obra do Rio das Mortes fica pronta", comentou o governador. 

Na coletiva, Mendes ainda lembrou que a situação do jeito que está atrapalha muito o escoamento de grãos e calcário, pois os motoristas precisam passar com uma balsa pelo leito do rio para chegar ao outro lado. "O sofrimento é grande. Muitos passaram por aqui, prometeram e não entregaram. Até março, a obra lá estará concluída. Eu passei por lá tinha 150 carretas paradas aguardando para atravessar o rio. Um motorista chegou lá às 13h de um dia e às 17h do outro dia não tinha atravessado ainda. Incrível a demora e o sofrimento que presenciamos lá", disse o governador. 

Ainda sobre infraestrutura, o governador disse que esse é um dos principais assuntos para ser tratado em reunião com o presidente da República, Jair Bolsonaro, nesta terça-feira (27), em Brasília. "Vamos lá para falar de infraestrutura. Temos a [rodovia federal] 158, 242, 080, 174, todas estas rodovias federais paradas. Isso nos preocupa muito. Estamos fazendo bons investimentos, faremos 2,5 mil quilômetros de rodovia. Porém, precisamos nos ligar com as BRs. Estamos avançando bem, como exemplo da MT-140, que sairá de Sorriso a Rondonópolis sem passar pela 163, economizando quase 200 quilômetros. Vamos dialogar basicamente sobre isto na visita de amanhã", concluiu o governador. 
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet